O Exército Brasileiro negou que Luan, participante do "BBB15", tenha atuado na operação de pacificação do Morro do Alemão


O Exército Brasileiro negou, em comunicado enviado ao iG nesta sexta-feira (23), que Luan, participante do "Big Brother Brasil 15" tenha participado da operação de pacificação do Morro do Alemão, no Rio de Janeiro, em 2010.

"Não há registros de que esse efetivo tenha participado de incursões naquela Comunidade". Luan contou dentro do reality show ter atirado e matado um jovem durante a ocupação da complexo.

A nota confirma que Luan Patrício serviu no Rio de Janeiro entre março de 2010 e fevereiro de 2012 na 9ª Brigada de Infantaria Motorizada e que esses integrantes somente prestaram "serviços à base e apoio à manutenção das instalações dos militares" durante a operação no Morro do Alemão.

"BBB 15"

Em conversa com o teólogo Marco logo dentro da casa do "BBB15" nessa terça (20), Luan disse: "A primeira vez que eu matei alguém no Complexo do Alemão, eu balancei. Rasgou a cabeça dele e a caixa d'água. Na hora eu tremi, o sargento olhou para mim e disse: 'Ou era você ou ele'", concluiu.

           Curta a fanpage do iG Gente no Facebook e receba notícias dos famosos

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.