Luan disse ter matado um homem no Complexo do Alemão


Por conta das declarações que o carioca Luan Patrício deu no "Big Brother Brasil 15" - ele disse que matou um menor de dezesseis anos no Complexo do Alemão, a Delegacia de Homicídios do Rio de Janeiro vai ao Projac nos próximos dias para interrogá-lo. As informações são da coluna de Lauro Jardim, da revista Veja.

Luan servia o Exército, em 2010, e integrava o 8º Grupo de Artilharia que ocupou as favelas da região, incluindo o Complexo do Alemão, durante sua pacificação.

O iG Gente entrou em contato com a Delegacia, e o delegado Rivaldo Barbosa, por meio de sua secretária, disse que não vai mais comentar o assunto. A  assessoria de imprensa da TV Globo disse que desconhece essa informação.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.