Durante um bate-papo que exaltou os ânimos da casa, publicitário se mostrou contrário aos relacionamentos gays

Diego faz comentário sobre relacionamento homoafetivo e revolta confinados
Reprodução/Globo
Diego faz comentário sobre relacionamento homoafetivo e revolta confinados

Durunte uma conversa com Cássio , Clara, Vanessa , Tatiele e Aline , o publicitário Diego opinou sobre o relacionamento homoafetivo e irritou os confinados. Tudo começou quando Vanessa apoiou casais do mesmo sexo que querem ter filhos e adotam crianças.

Curta a fanpage do iG Gente no Facebook e receba notícias dos famosos

"É diferente. É legalizado, mas tem um trabalho completamente diferente. Na escola vai ter a molecada toda zoando", declarou Diego. Cássio nem esperou o Brother concluir o raciocínio e contou um exemplo de sua família. "Meu tio é casado com um cara e criou o filho dele com o marido dele", disse. Diego respondeu falando que não concordava, mas que não achava "impossível" um casal gay criar um filho. Os dois continuam divergindo de opinião sobre a orientação sexual do filho criado pelo casal gay. "Acho que não influencia", opinou Cássio. "Acho que influencia, sim", discordou Diego. Enquanto isso, Clara e Vanessa ficaram quietas, mas nitidamente desconfortáveis com a opinião de Diego. 

Os brothers continuaram falando sobre o assunto e Diego voltou a desagradar os confinados. "'O menino vai pensar: na minha casa tem duas mães, elas se beijam'. Não sou contra, não tenho nada a ver com isso, mas a criança vai ficar confusa [...] Influencia na cabeça, o psicológico da criança", falou. "Ele vai ver duas mulheres se beijando e achar que aquilo é normal", disparou. Clara imediatamente o interrompe. "Mas é normal". Exaltado, Cássio o questiona: "não é normal? É diferente?". Angela também repudia os comentários de Diego. "Não existe o normal ou anormal". Mas o publicitário se defendeu. "Existe o que eu, Diego, acho normal e anormal. Tenho minhas opiniões. Não sou preconceituoso, mas não acho normal. Mulher com mulher até vejo numa boa, mas homem com homem, acho nojento."

Mantendo sua opinião, Diego tenta explicar melhor. "Não é normal, hoje em dia é que está começando". Desta vez o Brother é interrompido por Aline. "Antigamente mulher nem votava, agora a gente vota." Mas Diego retoma seu discurso sobre casais gays. "Não tenho nada contra, até tenho amigos gays. Se eu estiver incomodado, viro as costas e saio. Não tenho nada a ver com isso. Mas normal, normal não é", declarou. "Homem com homem é nojento. Se ver (sic) na balada, viro as costas e saio, mas não tenho preconceito", assegurou. 

Veja fotos da festa na galeria abaixo:

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.