"Se eu voltar, está todo mundo ferrado", falou o cozinheiro na noite dessa segunda-feira (20), logo após ser indicado

Rodrigo , um dos indicados ao Paredão, está confiante de que vai permanecer na casa. Sentado na varanda da casa do "BBB14" na noite dessa segunda-feira (20), o brother comentou com Cássio e com Junior que não está ansioso.

Curta a fanpage do iG Gente no Facebook e receba notícias dos famosos

"Não estou estressado, não estou nervoso, mas algo me diz que não saio. Acredito que vou ficar. Se for e voltar, não terei medo de mais nada. E vou contar a sensação pra vocês de ir e voltar. Estou confiante. Se não tiver confiante nas minhas vitórias, quem estará? Mas beleza, velho. Já estou feliz por estar aqui. Era meu sonho estar dentro dessa casa", falou.

O cozinheiro ainda chamou a rival de Paredão Aline para explicar o voto nela e disse que está torcendo para que Angela , a terceira na berlinda, seja eliminada. "Não falei para vocês: 'Vamos nos unir?'. A gente está trocando tiro grupo com grupo. Ninguém quis me ouvir, principalmente as pessoas que estavam imunes. Achei sacanagem", analisou. "Se a gente estipulasse, pelo menos um saía da reta", falou ele, criticando Tatiele por ter votado na Angela, do próprio grupo, o roxo, para o Paredão. "Fui sincero e falei para ela que foi covarde. Se eu voltar, está todo mundo ferrado. No dia que eu for Líder, não quero que ninguém venha falar de grupo", ameaçou.

O "portuga" disse também que sabia da união do grupo laranja contra o roxo e se sentiu triste por ir ao Paredão. "Hoje pensei que fossem só duas pessoas. Estávamos eu e você empatados, eu tive que votar em tu e quase chorei. Tive que votar para salvar minha pele", justificou.

Acompanhe as principais notícias do BBB14 no iG

Reprodução/Globo
"Se eu voltar, está todo mundo ferrado", ameaçou Rodrigo



    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.