Gaúcho conquista a coroa e o casal acaba na berlinda após mais uma votação

Após a eliminação de Fani , Nasser conquistou a liderança e uma nova votação aconteceu na noite deste domingo (17). Por conta disso, Fernanda e André acabaram na berlinda na reta final do jogo.

Prova do Líder

Antes de mais nada, Pedro Bial anunciou que esta seria a última vez em que o último Líder estaria vetado. Assim, André não pôde participar da disputa e teve que assistir a prova da varanda.

A competição que valia a coroa era simples, mas exigia que os brothers tivessem algum conhecimento em Língua Portuguesa. Usando uma lousa e uma caneta hidrográfica, era preciso realizar a separação silábica de algumas palavras ditadas pelo apresentador.

No começo, todos acertaram quando tiveram que escrever e separar com hífens os vocábulos “chapinha”, “espelho”, “biblioteca” e “amor”. Na hora de dividir a palavra “alcoólico”, Fernanda e Natália erraram e acabaram sendo eliminadas. Nasser e Andressa seguiram na disputa e escreveram corretamente “lua” e “edredom”, porém a esteticista não soube separar a palavra “possessivo”. Por conta disso, o gaúcho se tornou o novo Líder do programa.

Votação

Na sala, os confinados tiveram que formar um novo Paredão e, como sempre, quem começou dando seu veredicto foi o Líder. “Vou indicar o André, porque as outras três gurias são mais próximas de mim. Ele está bem focado no jogo e se distanciou de mim”, disse Nasser.

E em vez da turma votar no Confessionário, todos tiveram que revelar sua escolha ali mesmo, pois a votação foi aberta. Confira a justificativa e a escolha de cada um:

André: “Vou indicar a ‘Nati’, porque ela me indicou no Paredão. Ela votou em mim e disse que não ia votar”

Andressa: “Infelizmente, é a ‘Nanda’”

Fernanda: “Voto na Natália, Bial”

Natália: “Voto na ‘Nanda’”

Como Natália e Fernanda estavam empatadas, o Líder Nasser precisou dar o voto de minerva e mandar uma delas para a berlinda. “Eu não tenho motivo palpável para votar na Natália. A Fernanda já foi Líder e já votou em mim. Eu voto ‘Nanda’”, determinou o gaúcho.