Paraense foi eliminada do Big Brother Brasil 13, nessa terça-feira (12), com 68% dos votos

Com 68% dos votos, a paraense Kamilla foi a décima eliminada do Big Brother Brasil 13, nessa terça-feira (12). Em entrevista coletiva, após sua saída da casa, a ex-miss falou sobre a polêmica da calcinha suja. "Odeio lavar roupa. Só usei a máquina de lavar umas duas ou três vezes. A minha roupa não fede não, estava limpa e cheirosa. Lavava mais as minhas calcinhas. O lance da calcinha suja era uma brincadeira. Pegamos uma intimidade gigante lá dentro. Era coisa de amiga mesmo. uma situação besta que dá vontade de rir. Não sou porca. Eu era a que mais lavava a casa e mais arrumava as coisas”, defende.

Siga o Twitter do iG Gente e acompanhe as notícias dos famosos

Kamilla também falou sobre os ataques à geladeira na madrugada. "Sou daquelas que quando estou muito ansiosa ataco a comida mesmo”, disse. Ela acredita ter sido verdadeira dentro da casa. "Procurei esquecer as câmeras e fui o tempo todo eu. Era 100% eu ali".

Já sobre um possível relacionamento com Eliéser, com quem se envolveu no programa, ela desconversa. "Não sei o que vai ser da gente. Gosto dele, mas temos que conversar para resolver. A gente fica com mais saudade da pessoa que gosta quando se está longe", disse ela, que ainda comentou a polêmica do "pinto pequeno. ” Sou palhaça. Fiquei nervosa, pois ele não queria me dar um beijo na festa e eu já estava alta e fiquei zoando ele. Nem vi o pinto dele, como vou dizer do pinto do homem!".

Acompanhe tudo o que acontece no BBB13

Fora da disputa pelo grande prêmio, Kamilla torce por Fernanda e diz que quer aproveitar todas as oportunidades profissionais que aparecer. "Sou apaixonada por música. Não vou me surpreender se escolher esse caminho. Se for promissor para mim, também posso enveredar pela carreira de atriz. Quero tudo", brincou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.