Dançarina de flamenco foi a quinta eliminada do Big Brother Brasil 13, nessa terça-feira (12)

Com 51% dos votos , a dançarina de flamenco Marien foi a quinta eliminada da 13ª edição do Big Brother Brasil, nessa terça-feira (12). No bate papo, após sua saída do confinamento, ela disse que demorou a entrar no jogo. "Não consigo ver que eu tenha saído do programa pelas coisas que a Kamilla disse para me indicar. Acho que demorei a chegar no jogo e na hora em que estava lá dentro, não consegui separar amizade com jogo. Era um milhão e meio e eu não me dei conta”, falou.

Leia também: Marien é eliminada com 51% dos votos

A mineira afirmou que Eliéser foi a sua maior decepção. “O jogo dele não é legal. Acho que ele me usou, assim como acredito que o relacionamento dele com a Kamilla é uma tática. Para nós, que estávamos perto deles, não convenceu”, afirmou ela.

Marien ainda disse que não se apaixonou pelo paranaense. “Foi carência. Eliéser é um cara muito bonito e era o único solteiro. Um dia que bebi, pedi um beijo. Mas não estava com carência de sexo ou de beijo na boca. Tinha necessidade de alguém que me desse carinho, que fosse meu parceiro. Não era uma questão de relacionamento, tanto que não fiquei chateada quando ele ficou com a Kamilla”, insistiu.

A decepção com Eliéser foi tão grande, que ela não será amiga dele fora do confinamento. “Algumas pessoas, quando saem da casa, dizem que vão deixar o que aconteceu lá dentro. Eu não consigo. Claro, vou falar oi e tchau. Mas ele não será meu amigo”.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.