Atriz rebate crítica e diz que "represento as milhares de mulheres brasileiras" que sofrem violência doméstica

Luana Piovani com o marido Pedro Viana
Raphael Mesquita/PhotoRio News
Luana Piovani com o marido Pedro Viana
Luana Piovani tem se defendido de diversos comentários no Twitter. Um dia após receber a notícia de que Dado Dolabella foi novamente condenado a dois anos e nove meses de prisão no processo em que é acusado de agredí-la , a atriz parece não ligar para a megaexposição no microblog: responde muitas das mensagens que recebe e até xinga os internautas quando acha que deve.

Siga o iG Gente no Twitter

Nesta quarta-feira (21), assim que uma seguidora deu sua opinião sobre as notícias do caso, Luana a chamou de "anta". "Não acaba nunca essa baixaria... Poderiam lavar essa roupinha imunda sem nos comunicar, né?" , escreveu @MarizaMadeira.

Logo em seguida, a a atriz respondeu: "Isso não é roupa suja, anta, é um processo criminal no qual involuntariamente eu represento as milhares de mulheres brasileiras" .

No domingo (18), Luana também causou polêmica pelo Twitter quando criticou o novo vídeo de Ricky Martin com Claudia Leitte . "Pelamooor que clip é esse? As pessoas perdem a loção (noção)!!Que meda!!", opinou. (Leia mais)

Nessa terça-feira (2), a 4ª Câmara do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro confirmou a sentença determinada em primeira instância em que determina o pedido de prisão de Dado Dolabella de dois anos e nove meses. O advogado do ator entrará em recurso e ele poderá responder ao processo em liberdade. Leia a matéria completa aqui .

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.