Em entrevista exclusiva o presidente dos EUA fala sobre sua infância e família

A Família Obama posa na Casa Branca para as lentes da revista
Divulgação
A Família Obama posa na Casa Branca para as lentes da revista "People"
Nesta quarta (8), o presidente norte-americano Barack Obama revelou em entrevista exclusiva à revista "People" que crescer sem a presença de seu pai marcou sua vida como jovem e hoje como pai de família, “sempre senti a sua ausência. Eu cresci sem um pai por perto”, revelou o presidente.

Siga o iG Gente no Twitter e receba as notícias das celebridades em tempo real

“Meu pai nos deixou quando eu tinha 2 anos de idade. Só tenho duas lembranças dele”, disse. “Uma é de quando ele me levou ao meu primeiro concerto de jazz, a outra foi quando ele me deu de Natal uma bola de basquete”, explicou. Obama contou também à revista ‘People’ que a ausência de seu pai o fez querer ser um homem mais presente na vida de suas filhas. “Acredito que seja por essa razão que esse assunto é tão importante para mim”.

O presidente, que também é técnico de basquete do time da escola de uma de suas filhas em Washington, disse que as experiências que ele vivenciou o incentivam diariamente a ser um pai que atende as expectativas dos filhos, mas que ele está longe de ser perfeito: “Durante a campanha presidencial passei muito tempo longe de Michelle, Malia e Sasha ”, disse. "Porém não teve um dia que eu não pensei nelas e o no quanto as amo”, revelou. O presidente afirmou que sua família é a coisa mais importante em sua vida.

Durante a entrevista, que conta com um ensaio fotográfico dele e de sua família, o presidente americano ainda revelou que é grato à mãe e aos avós por terem sempre sido uma família paciente e incrivelmente maravilhosa. “Eu e minha irmã tivemos sorte de sermos criados por eles”, disse. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.