Programa comandado pela apresentadora é eleito o Melhor da televisão em 2011

Astrid Fontenelle
Manuela Scarpa/Photo Rio News
Astrid Fontenelle
Nesta terça-feira (13), Astrid Fontenelle foi comemorar mais uma conquista com o filho, Gabriel , de três anos e cinco meses. A apresentadora do “Chegadas e Partidas”, da GNT, está em Salvador, na Bahia, e de lá, recebeu a notícia de que seu programa foi eleito o melhor da TV em 2011 pela APCA – Associação Paulista de Críticos de Artes.

Siga o iG Gente no Twitter e receba as notícias das celebridades em tempo real

Astrid descobriu que o programa havia vencido o prêmio pelo Twitter, após ser parabenizada por uma de suas seguidoras. Como ainda não tinha muitas informações, decidiu entrar na página oficial da instituição. “Fui, entrei no site da APCA e saí comemorando. Fiquei muito feliz, porque é algo que eu verbalizei que queria ganhar. É um prêmio importante. É o reconhecimento do trabalho de uma equipe. Eu não queria ganhar o prêmio de melhor apresentadora. Isso eu já ganhei da APCA. Mas o programa não seria nada se não fosse a equipe, que é muito boa. Não seria o mesmo sem a trilha e a direção de fotografia...”, elogiou Astrid.

“Chegadas e Partidas” está no ar com sua segunda temporada, já toda gravada. Mas mesmo com o tempo livre para descanso, Astrid vai voltar ainda este ano para o batente, já pensando na terceira temporada da atração. “Existem oportunidades que não podemos desperdiçar, então na próxima semana vou para São Paulo para gravar as viagens de Natal”.

Astrid, que se despediu do programa “Happy Hour” há um ano, pensa em engatar uma nova atração semanal após a mudança na direção da GNT, que aconteceu no meio do ano. “Estou apostando tudo na Dani (Daniela Mignani, nova diretora do canal). Ela é muito arrojada e sabe imprimir a marca dela. Quando ela entrou, mandei um bilhete dizendo: ‘parabéns e conte comigo para fazer sua história’. E sei que ela conta comigo”.

Ainda assim, a apresentadora descarta um retorno do “Happy Hour”. E o principal motivo é o sucesso do “Chegadas e Partidas”. Para a produção da atração, Astrid grava quatro dias por semana no aeroporto internacional de Guarulhos. Por lá, já chegou a ficar oito horas em busca de boas histórias para a atração. A rotina cansativa – tanto física como emocionalmente – a impede de se dedicar à um novo programa diário. “Esse sonho que muitas pessoas alimentam do ‘Happy Hour’ ficou distante. O ‘Chegadas e Partidas’ é um sucesso, até maior que o ‘Happy Hour’. Eu mesma sinto falta. Eu queria debater alguns temas quentes na TV, mas me contento pelo Twitter”.

Astrid Fontenelle e Gabriel
Celso Akin/AgNews
Astrid Fontenelle e Gabriel

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.