A agência que regula a publicidade no país acredita que as imagens são enganosas e podem confundir o consumidor

Julia Roberts para Lancôme
Reprodução/Lancôme
Julia Roberts para Lancôme
Anúncios de bases para o rosto com Julia Roberts e a modelo Christy Turlington foram proibidos de serem veiculados no Reino Unido. Em decisão judicial dada pela Advertising Standards Authority, agência que regula a publicidade no país, os anúncios da Lancôme e Maybelline foram retirados do ar pois podiam enganar o público sobre o real efeito dos produtos.

Siga o iG Gente no Twitter e receba as notícias das celebridades em tempo real

A agência reguladora justificou seu veto, afirmando que a L'Oreal, empresa que comercializa as duas marcas, não conseguiu comprovar que as fotos, manipuladas, representavam os resultados obtidos com o uso das bases.

Como resposta a empresa de cosméticos disse que a foto de Julia Roberts, feita por Mario Testino , mostra a beleza natural da atriz e representa sim, os efeitos de um produto desenvolvido por dez anos. Já no caso das imagens de Christy, a L'Oreal admitiu ter feito "correções digitais" para clarear a pele, tirar o sombreamento dos olhos, suavizar os lábios e escurecer as sobrancelhas. Apesar disso, afirmou que os anúncios não são enganosos. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.