Será que Nicole Kidman perdeu a mão no Botox? Relembre momentos de sua carreira e compare a beleza da atriz ao longo dos anos

Nicole Kidman em 2001 e em 2011: exagerando no Botox?
Getty Images
Nicole Kidman em 2001 e em 2011: exagerando no Botox?

Nicole Kidman nos anos 80 e em 2009
Reprodução
Nicole Kidman nos anos 80 e em 2009
Após um longo período de críticas ruins e papéis sem sucesso, Nicole Kidman volta a brilhar nas telas no cinema com o filme “Reencontrando a Felicidade”, que estreou no último dia 6 no Brasil. Apesar de seu novo filme não ser um sucesso de bilheteria, a atriz tem, pelo menos, recebido boas críticas por sua atuação.

Nicole Kidman não escapa, porém, de ser personagem de muitas matérias sobre sua aparência, que parece cada vez mais plastificada. iG Gente reuniu diversos momentos da carreira da atriz e mostra as transformações mais marcantes em sua beleza.

No início de 2011, inclusive, Nicole admitiu já ter usado diversos recursos para evitar o envelhecimento, inclusive o Botox, que a deixou com o rosto nada natural. Confira as várias facetas da atriz ao longo dos anos abaixo:

Nicole Kidman em
Divulgação
Nicole Kidman em "Austrália", de 2008

2008 - Austrália (Australia)

Em Austrália, Nicole Kidman vive uma aristocrata inglesa. Na trama Kidman se apaixona por um vaqueiro, interpretado por Hugh Jackman , os dois atravessam a Austrália tocando uma boiada, durante os primeiros dias da Segunda Guerra Mundial. Para o personagem, Kidman abandou suas longas madeixas e assumiu um corte mais curto e loiro. O filme foi um fracasso de bilheteria. Quando percebeu que o longa não teria sucesso, Nicole se arrependeu de ter aceitado o papel e nem apareceu na pré-estréia.

Nicole Kidman em
Divulgação
Nicole Kidman em "A Pele", de 2006
2006 - A Pele (Fur)

De franja e morena, Nicole Kidman vive a fotógrafa Diane Arbus , no filme “A Pele”. Apesar de baseado em fatos reais, o roteiro fantasia para tentar retratar o que podia estar passando pela cabeça da fotógrafa. Robert Downey Jr vive o par romântico de Kidman na trama. Apesar da boa atuação de ambos, o filme não teve grande sucesso.

Nicole Kidman em
Divulgação
Nicole Kidman em "A Feiticeira", de 2005

2005 - A Feiticeira (Bewitched) 

O filme baseado na série de TV que foi exibida entre 1964 a 1972, teve Nicole Kidman como a atriz principal. Para interpretar a feiticeira, Kidman teve aulas para fazer a famosa mexidinha de nariz, que a personagem faz para lançar seus feitiços e atuou com o cabelo chanel e todo cacheado. Neste filme, o exagero com tratamentos estéticos, como o botox, chamaram a atenção do público.

Nicole Kidman em
Divulgação
Nicole Kidman em "Reencarnação", de 2004

2004 - Reencarnação (Birth)

Neste filme, Nicole Kidman mudou radicalmente o visual, com corte Joãozinho e bem mais escuro. Na história, a personagem de Kidman se recupera após a morte de seu marido. Dez anos depois, quando já está noiva de outro homem, surge um menino de dez anos que diz ser a reencarnação do falecido. O beijo que acontece entre Kidman e o ator mirim gerou polêmica. Neste filme, o exagero com tratamentos estéticos no rosto da atriz também incomodaram o público.

Nicole Kidman em
Divulgação
Nicole Kidman em "Revelações", de 2003

2003 - Revelações (The Human stain)

Com um ar pra lá de sensual em Revelações”, Kidman aparece com o cabelo cortado nos ombros, ondulados e selvagem e atua ao lado de Antony Hopkins , os dois mantém na trama uma caso de amor secreto. Apesar dos dois atores principais serem grandes estrelas de Hollywood, O filme não foi bem recebido pelo crítica

Nicole Kidman e Jude Law em
Divulgação
Nicole Kidman e Jude Law em "Cold Mountain", de 2003

2003 - Cold mountain (Cold mountain)

Em “Cold Mountain” Kidman aparece linda, loira e com os cabelos longos. Sua personagem é uma fazendeira que sofre para manter a fazenda da família após a morte de seu pai. Jude Law vive um soldado que volta para sua namorada (Nicole Kidman) após o término da Guerra Civil Americana. A personagem de Nicole toca piano e nas cenas foi a própria atriz que tocou. O orçamento do filme foi de US$ 83 milhões e teve uma boa crítica.

Nicole Kidman em
Divulgação
Nicole Kidman em "Dog Ville", de 2003

2003 - Dogville (Dogville)

Usando uma linguagem nova para o cinema, o filme todo se passa dentro de um único estúdio, com o cenário quase todo imaginário tanto para os atores quanto para o telespectador, Nicole Kidman vive Margaret Grace Mulligan, uma bela jovem que está fugindo de uns gângster e vai parar em um vilarejo que concorda em esconde-la, em troca de Grace trabalhar para eles. Com o tempo a personagem acaba virando escrava da comunidade e comendo o pão que o diabo amassou. Como sempre, Kidman está linda, de cabelo chanel e bem loiro.

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=gente%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1300164984441&_c_=MiGComponente_C 2002 - As horas (The Hours)

Para este papel, Kidman deixou a vaidade de lado e se enfeou para o papel. Ela vive a escritora Virginia Woolf, autora do livro "Mrs. Dalloway", que mantém três mulheres ligadas em diferentes épocas. A equipe da maquiagem conseguiu o impossível, esconder a beleza de Kidman. Seu nariz e as maças do rosto foram modificados, seu cabelo ficou mais escuro e mal tratado. Com o papel, Nicole ganhou o Oscar de melhor atriz.

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=gente%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1300164952576&_c_=MiGComponente_C 2001 - Moulin Rouge - Amor em vermelho (Moulin Rouge)

Nicole Kidman aparece ruiva e magra em Moulin Rouge. Ela ainda canta e dança no filme. Tamanha foi a dedicação da atriz em suas performances que as gravações tiveram que ser interrompidas por duas semanas: Kidman quebrou a costela em uma cena de dança. Quando voltou, mais uma queda e a atriz machucou o joelho e sofreu uma inflamação no menisco, por isso teve que tomar analgésicos até o fim das gravações. Recebeu uma indicação ao Oscar, mas não levou a estatueta. 

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=gente%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1300164952448&_c_=MiGComponente_C

1999 - De olhos bem fechados (Eyes wide shut)

Nicole contracenou ao lado do então marido, Tom Cruise e na trama, os dois vivem um casamento perfeito até que, depois de uma festa, ela confessa que se sente atraída por outro homem. Ciúmes obsessivo, discussões do casal e cenas de sexo recheiam o filme. Coincidência ou não, Kidman e Cruise se separaram logo após as gravações. Na época, Nicole estava no auge de sua beleza, com o cabelo longo e cacheado e sua atuação agradou o renomado diretor do filme, Stanley Kubrick e a crítica.

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=gente%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1300164952272&_c_=MiGComponente_C

1995 - Um sonho sem limite (To die for)

Com uma performance assustadora e sedutora ao mesmo tempo, Kidman ganhou o Globo de Ouro pelo papel em “Um Sonho Sem Limites”. Ela encarou o desafio dramático de viver uma jornalista que sonha em ser apresentadora de TV e para isso é capaz de tudo. Para o papel, Kidman cortou o cabelo chanel, com franja e o deixou mais volumoso.

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=gente%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1300164945569&_c_=MiGComponente_C 1995 - Batman eternamente (Batman forever)

Em “Batman – Eternamente”, é Nicole Kidman que vira cabeça do homem morcego, Bruce Wayne. Sexy e linda no papel, com o cabelo loiro dourado e com o corpo enxuto, a atriz consegue agradar ao público interpretando Dra. Chase Meridian, uma psicóloga especialista em duplas personalidades. O filme não foi considerado como um dos melhores da série, mas teve uma crítica razoável.

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=gente%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1300164945318&_c_=MiGComponente_C 1991 - Billy Bathgate - O mundo a seus pés (Billy Bathgate)

Este filme rendeu a Nicole Kidman sua primeira indicação ao Globo de Ouro. Ela vive a mulher de um gangster que se apaixona por um dos pupilos de seu marido e vive um perigoso triangulo amoroso. Apesar de estar com um ar mais sério no filme, de cabelo curto e roupas mais fechadas, Kidman está bela e poderosa.

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=gente%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1300164944415&_c_=MiGComponente_C 1990 - Dias de trovão (Days of thunder)

Foi durante as gravações de “Dias de Trovão” que Nicole Kidman e Tom Cruise se apaixonaram. Logo após as filmagens os dois se casaram. Kidman estava no início na carreira, mas já era bela, com os traços do rosto perfeitos. Seu cabelo estava crespo e longo, considerado fora de moda hoje em dia, mas para época em que o filme foi rodado o corte foi muito copiado.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.