A atriz hollywoodiana desaprova o sistema educacional americano, por isso decidiu educar os 6 filhos em casa

Brad Pitt e Angelina Jolie
Getty Images
Brad Pitt e Angelina Jolie
Angelina Jolie e Brad Pitt tem sido criticados pela mídia internacional por não matricularem seus 6 filhos na escola. De acordo com o jornal “Daily Mail”, Jolie e Pitt preferiram contratar tutores que dão aulas em casa, pois “o sistema de ensino americano não condiz com nosso modo de vida e não fala a mesma língua de nossos filhos ".

Siga o iG Gente no Twitter e receba as notícias das celebridades em tempo real

Ainda de acordo com o tablóide, Jolie disse que acredita que a vida boêmia que ela e seu marido levam é muito mais educativa do que se imagina. "Ao invés da palhaçada que as salas de aula são hoje, prefiro ir com meus filhos a um museu ou ensiná-los a tocar violão”, disse Jolie.

A atriz justifica o modo de ensino que adotaram para os filhos com as várias viagens que ela e Pitt fazem. “Viajamos o mundo e prefiro que eles estejam conosco, mas sou a primeira a falar ‘crianças, vocês fizeram o dever de casa’”, comenta Jolie.

Leia também: Atriz de "Transformers" quer ser igual a Angelina Jolie

Brad Pitt apóia a esposa, “adotamos um programa internacional viável para nosso estilo de vida, por isso, onde quer que estejamos, o currículo de ensino será o mesmo". As crianças foram matriculadas no sistema educacional francês - o programa Liceu - em cidades como Nova York, Praga e Veneza, e é ensinado a eles por babás e professores especializados.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.