Jornal britânico revela que Amy teria consumido boa parte de sua fortuna com drogas e álcool antes de sua morte

Amy Winehouse e o pai, Mitch
GettyImage
Amy Winehouse e o pai, Mitch
Amy Winehouse deixou uma herança de apenas £ 2 milhões (pouco mais de R$ 5 milhões) para os seus parentes. De acordo com informações do jornal britânico "Daily Star", a cantora – que morreu aos 27 anos em julho, em Londres – teria consumido boa parte de sua fortuna com drogas e álcool antes de sua morte.

Siga o iG Gente no Twitter e receba as notícias das celebridades em tempo real

A publicação lembra que em 2008 Amy figurou entre os mais ricos do mundo, segundo uma pesquisa do "The Sunday Times", quando tinha uma fortuna acumulada em £10 milhões (cerca de R$ 26,5 milhões). Uma fonte disse ao jornal que Amy teria desperdiçado o dinheiro com álcool e drogas, mas ainda possuía dinheiro escondido em casa.

Nos últimos anos, seu pai, Mitch , era o responsável pelas finanças da filha para que ela não gastasse todo o dinheiro em vão. “Mesmo que Amy tenha gasto milhares em bebida, drogas e puxa-sacos, ela ainda era uma mulher jovem e rica”, falou a fonte.

A fonte afirmou ainda que Amy nunca teve "oportunidade de desfrutar o dinheiro que trabalhou arduamente para conquistar". “Se ela não tivesse enfrentado problemas com a bebida, certamente teria vivido uma vida confortável e sem preocupações. É triste", lamentou.

"Back to Black", segundo álbum de Amy lançado em 2006, é o disco mais vendido da Grã-Bretanha do século 21. Apesar de fontes continuarem falando sobre álcool e drogas, os resultados de toxicologia divulgados no mês passado mostram que a cantora britânica não continha substâncias ilegais em seu corpo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.