Duda Yankovich pediu perdão aos outros competidores e Compadre Washington lembrou a morte de sua irmã

Peões rezaram antes do almoço desta tarde
Reprodução
Peões rezaram antes do almoço desta tarde
Os peões se reuniram nesta tarde para almoçar todos juntos antes de os competidores descerem para a roça para a eliminação. Eles rezaram e choraram muito antes de comer, um dos momentos mais emocionantes para eles no programa.

Confira a cobertura completa de “A Fazenda 4” no iG

Anna Markun foi a primeira a falar. Ela pediu para os peões não julgarem uns aos outros. “Nosso maior competidor somos nós mesmos”, disse sobre a disputa. Em seguida, Duda Yankovich agradeceu ao apoio de todos, em especial o de Thiago Gagliasso , que a perdoou pelo tapa na cara .

Siga o Twitter da cobertura do iG em “A Fazenda 4”

O próximo a falar foi Compadre Washington . “Não era para eu estar aqui. Hoje faz um mês que minha irmã morreu. Ela era minha segunda mãe. Eu só vim porque prometi que viria”, falou aos prantos. A maioria dos peões chorou junto com ele. “Eu deixei uma senhora de 87 anos em Salvador. Se eu me afastei de vocês é por causa disso”, explicou. 

Valesca Popozuda brincou ao final. “Estou quase trocando com você e descendo no seu lugar”, disse ao Compadre Washington.

Marlon foi um dos peões que choraram durante a oração
Reprodução
Marlon foi um dos peões que choraram durante a oração

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.