Confinados falam sobre a antiga profissão da peoa

Peões batem papo na varanda
Reprodução
Peões batem papo na varanda
Na noite desta quinta-feira (11), os peões estavam conversando na varanda, quando João Kleber comentou não enxergar Raquel Pacheco como ex-garota de programa.

“Não adianta. Eu olho para ela e não consigo imaginar como ela era como garota de programa. Ela parece ser uma pessoa calminha”, disse o apresentador.

Todos concordaram que realmente era muito estranho, principalmente depois de ter assistido ao filme “Bruna Surfistinha”, no qual a atriz Deborah Secco interpreta algumas das passagens do livro que a peoa escreveu.

Anna Markun afirmou que Raquel recorria às drogas e ao álcool para entrar no papel da garota de programa e João Kleber ressaltou: “Como assim? Ela bebe aqui nas festas e vomita. Fico imaginando ela bebendo antes de atender algum cliente”.

Os peões caíram na risada. Joana, ainda aos risos, afirmou que tinha mais cara de garota de programa do que a companheira, mesmo não exercendo a profissão.

“Se você fosse mulher da vida, você seria milionária. Com essa beleza, corpo e requebrado, não ia ter para ninguém”, comentou Marlon .

Em seguida, a personal trainer contou que Já recebeu uma proposta e revelou: “Quando ele me disse que eu seria bem remunerada, eu quase parti para cima dele. Eu chamei ele de tantos nomes que eu tenho certeza que ele nunca mais vai esquecer de mim. Eu me senti muito constrangida”.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.