Enquanto conversam na varanda, a transmissão é cortada para que as cofinadas desfrutem um café da manhã especial

Peoas descansam enquanto o desjejum não fica pronto
Reprodução
Peoas descansam enquanto o desjejum não fica pronto
Após o ritmo acelerado imposto pela produção do programa às peoas na manhã desta quinta-feira (06), elas se reuniram na varanda depois de terminarem as tarefas. Isso porque estavam impedidas de entrar na sede, onde o café da manhã especial que lhes foi oferecido era preparado. “Ai, tocou tudo muito rápido hoje. Estou morta de cansaço”, reclamou a aniversariante Valesca Popozuda .

As outras peoas concordaram e aproveitaram para dizer que a grande quantidade de serviço havia aumentado seu apetite. Raquel Pacheco , a mais faminta de todas, pediu que a refeição ficasse pronta rapidamente. “Ai, termina logo aí. Eu estou morrendo de fome”, resmungou em direção à casa.

Enquanto falavam a respeito de como seria o café da manhã e especulavam a respeito de algum eventual visitante, a transmissão foi cortada para que o desjejum tivesse início.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.