Finalistas recordam atitudes de participantes em noite de Prova

Valesca , Monique , Raquel e Joana participaram de uma atividade nesta quinta-feira (06) onde relembraram atitudes de outros peões que as deixaram chateadas, No jogo, elas deveriam informar qual teria sido a gota d’água de cada peão.

Enquanto jogavam, as meninas perceberam que faltavam as taças com os nomes de Renata Banhara , François Teles e Duda Yancovich . A de Renata, em uma das rodadas, acabou sendo substituída por um copinho por Monique, que teve problemas com a primeira eliminada durante o reality.

As taças de Gui Pádua e Dinei chegaram a transbordar, de tantas lembranças das peoas.

Joana lê instruções de atividade
Reprodução
Joana lê instruções de atividade

Confira a justificativa de cada peoa para derramar o líquido azul em cada uma das taças.

1ª Rodada

Joana Machado:

Anna Markun : ela fazer um subgrupo dentro do nosso grupo. Ela teria que vestir a camisa. Não gostei, mas tiveram outras também em relação à Ana.

Monique Evans:

Compadre Washington : No dia daqui do salão, ele foi deselegante, porque a s pessoas do salão não tinham nada a ver com isso. Ele não teria que usar as palavras que foram usadas. Foram de muito mau gosto.

Raquel Pacheco:

Gui Pádua : por causa da brincadeira que eu fiz bêbada e que ele levou muito a sério, querendo transformar brincadeira em um erro. Ele falou coisas muito desnecessárias.

Valesca Popozuda:

Gui: Fui uma das que acreditei muito nele. A gente era um grupo e se protegia de certa maneira. Ele só estava para proteger ele mesmo, sempre pensando nele mesmo. Eu não escutei muito as pessoas, mas depois percebi que ele não era “o cara”, era “o cara de pau”. Foi uma pessoa muito falsa.

2 ª rodada

Joana Machado:

Dinei : aqui dentro da Fazenda, era a pessoa que via mudar de opinião mais rápido. A gente não sabia bem quem ele era. Não consegui entender. Gosto de pessoas que tem atitude do começo ao fim.

Monique Evans:
Gui Pádua: Isso aqui não é gota, é um balde pelo conjunto da obra. Desde que ele pisou aqui, só fez “M”. Colocou todos contra todos. Pegava o ponto fraco de uma pessoa, pegava o alicate e fincava na unha daquela pessoa e fazia a pessoa sangrar, para a pessoa chorar e isso era uma coisa horrorosa, nojenta da parte dele. Fora as fofocas. Foi o maior vilão de todos os realities shows que já vi na vida.

Raquel Pacheco:

Taciane Ribeiro : É uma menina que eu gostava muito. Comprei briga dela com João, até que ela foi para a roça com João, e ela voltou chamando ele de pai e ela de filha. O carinho que tinha por ela acabou naquele momento.

Valesca Popozuda:

Compadre Washington: Tive o prazer de conhecer os três porquinhos. Todo o tempo ele ficou nos porcos. Ele falava que era difícil de colocar os porquinhos pra dentro. E não é tão difícil. Acho que foi um golpe muito grande dele. E acho que o que ele é lá fora, não foi aqui dentro. O absurdo foi que, quando ele voltou da Roça, veio à toda, começou a falar, ofender as pessoas e não respeitar. A máscara dele caiu ali.

Monique Evans
Reprodução
Monique Evans

3ª rodada

Joana Machado:

Gui Pádua: Pela falta de respeito com as pessoas, com a Ana, falar que ela era fracassada. Ele esqueceu que aqui está todo mundo no mesmo barco, em busca do mesmo prêmio. Ele se dizia tão forte e quem está aqui são quatro mulheres.

Monique:

João Kléber : Sempre que ele achava que alguém tinha feito alguma coisa, ele achava que era eu, colocava a culpa em mim. Sempre que ele tinha um problema, ele achava que era eu.

Raquel Pacheco:

Dani Bolina : Veio substituir a Duda, teve uma grande oportunidade nas mãos, sabendo quem era o favorito, vilão, mocinha. Podia ter aproveitado e usado a favor. Poderia estar agora com a gente se tivesse sido esperta. Não soube aproveitar a oportunidade. Apenas dormiu. Não se aproximou das pessoas. E também disse que não gostava de cuidar de bichos.

Valesca Popozuda:

Dani Bolina: ela se sentiu muito aqui, se achava e quando eu desci para me despedir na Roça deles, quando fui me despedir dela, ela disse: “não precisa se despedir, pois estou voltando daqui a pouco”. Autoconfiança demais, às vezes, atrapalha um pouquinho.

4ª rodada

Joana Machado:

Compadre Washington: Teve uma brincadeira da Raquel lá dentro, foram muito feias as palavras que saíram da boca dele. Ele se mostrou também alguém que eu não conhecia este dia.

Monique:

Renata Banhara: Vou usar para uma pessoa que não está ai. Vou fingir que esse copinho é a Renata. Quando eu entrei, ela disse que não estava torcendo para eu entrar, porque o estilo dela era mais da Ana Paula. Só que lá embaixo, a Ana Paula perguntou quem era a Banhara e a gente estava tentando explicar quem era. E também porque eu vi uma confusão que houve de um leva-e-trás dela, houve uma fofoca, e isso não se faz. Ela chamou de Candinha o João e eu vou dizer que quem é Candinha é você.

Raquel:

Dinei: O Dinei nunca teve opinião própria, e assim como a Dani, sempre teve muita autoconfiança. Sempre disse que não precisava estar aqui. Fora as brincadeiras, que eram muito sem graça. De vez em quando.

Valesca:

Dinei: Ele foi um grande parceiro meu aqui, gosto muito. É uma amizade que quero levar daqui. E aí, o Dinei se perdeu um pouco nos últimos dias. Ele falou “Valesca, sai do bolinho”. Ele achava que a gente estava tramando alguma coisa. Sempre falei que a gente estava se defendendo. Ele disse que vocês ainda iriam se voltar contra mim. E também no dia que achei péssimo, quando Joana recebeu o cargo de Fazendeira, ele também se achou. A gente achar que é o máximo, às vezes atrapalha muito.


5ª rodada:

Joana Machado:

Thiago Gagliasso : Por a gente ter tomado punição de 48 horas por causa das cabras. Foi a maior punição da casa. Não pode fazer isso com os animais.

Monique:

Thiago: Fiquei muito magoada com ele o dia que ele já tinha sacado, acordado para qual era a parada do Gui, visto que já era uma grande roubada, e cheguei na sala, estavam de ti-ti-ti de novo. E ele ficou contra mim, e deu no que deu. Falou umas coisas que não deveria ter dito pra mim, depois ficou tudo bem. Mas naquele dia, ele me magoou feio.

Raquel Pacheco:

Compadre: Não pela brincadeira, mas pelo comentário dele dizendo que o ganhador gastaria o dinheiro comprando o caixão. Acho que ninguém deve desejar o mal do outro e ele desejou.

Valesca:

Anna: Uma pessoa legal, dez, mas ocorreu um fato que também não sei se é verdade, mas... O compadre desceu com ela pra Roça e lá ela disse que as mulheres ficavam olhando para os negócios do homem. Não estou aqui pra ficar olhando pro bilau de ninguém.

6ª rodada:

Joana:

Taciane Ribeiro: A gente conheceu só metade sua. Tava muito com a cabeça lá fora, no namorado. Pessoa incrível, mas deixou a desejar. Podia ter sido mais você. E também ela prometeu ficar pelada na festa e não ficou. Promessa é divida.

Monique:

Marlon : Pra ele salvar o Thiago naquela Roça que todo mundo votou em mim, a justificativa dele foi que naquela semana eu tinha jogado mal. Ele deixou de votar no Gui, que o jogo do Gui estava sendo totalmente errado, desde o início. Nem sei de onde ele tirou aquela história. Inventar justificativa magoa as pessoas.

7ª rodada:

Joana:

Gui: porque ele falou que o avião que passou lá no céu, “PT sei lá o que”, falou que era do amigo dele. Gota d’agua foi dele, porque ele é muito mentiroso.

Monique:

Anna: A hora que precisei dela, pra confirmar algo dela, sobre um lance que ela já tinha percebido do Gui, ela não confirmou. E foi a hora que todo mundo ficou contra mim.

Raquel:

Gui: ele nunca reconheceu nenhum erro nas vezes que tentei conversar com ele. Sempre tinha alguma desculpinha na ponta da língua, sempre me colocou como a errada. Sempre se colocou como a pessoa certa, não a errada.

8ª rodada:

Monique:

Joana: filha da mãe, não tem nenhuma celulite, fica desfilando com esse corpinho pra todas as câmeras. A égua tem celulite e a Joana não tem.

Joana:

Gui: Sou muito leal às minha amizades e aqui ele entrou, disse que era amigo da Anna, e, de repente, ele traiu a amizade dela. Deixou ela mal com as pessoas aqui dentro. Pra mim, ele errou do começo ao fim.

Valesca:

Gui: A gente pode ver que a gente duvidou da verdade da Anna, a gente ficava indecisa e pudemos ver que, a verdade, quem tava falando era ela. A gente pode ver no dia que a gente foi abrir as garrafinhas quando ele escreveu: “amigos há muitos anos, amizade eterna”. Como é que pode, Gui? Esquisito isso. Se ficarmos falando de você, vamos ficar a madrugada toda. Tinha que ter um balde.

9ª rodada:

Joana:

Dinei: porque ele fez xixi no meu baú. Fiquei sem roupa.

Monique:

Dinei: Na boa, eu era sua amiga, mas naquele dia lá, tu falou coisas pra mim que eu não esperava, o negócio de “luva de pelica”. Acho que você não sabe o que é luva de pelica. Você dando razão para aquele cara e se desfazendo da gente que somos suas amigas. E foi puxar o saco daquele cara.

Algumas taças chegaram a transbordar durante atividade
Reprodução
Algumas taças chegaram a transbordar durante atividade

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.