Paraquedista tenta explicar por que julgou a atitude da peoa

Peões conversam da despensa
Reprodução
Peões conversam da despensa
O clima continuou pesado nesta noite de segunda-feira (08). Duda Yankovich e Gui Pádua conversaram sobre a suposta agressão cometida pela boxeadora e o julgamento que o paraquedista fez da companheira depois disso. Durante a conversa, os dois não seguraram as lágrimas e tiveram um longo papo sobre o jogo e atitudes no confinamento.

Logo no começo da conversa, Duda quis saber por que Gui estava falando mal dela dentro da sede. O peão não titubeou e respondeu: “O meu julgamento não é sobre você, mas sobre sua atitude. Eu acho que você foi errada ao dar o tapa no Thiago . Eu não sou ninguém para te julgar, mas é regra e eu acho que você está errada”.

A peoa, mesmo triste, compreendeu o companheiro e afirmou que, mais do que qualquer outro confinado, ela estava julgando o próprio ato. “Eu sou o meu pior inimigo e sei muito bem o que eu fiz e me arrependo profundamente”, acrescentou.

“Eu disse que você errou e agiu por instinto, porque está em você tomar e dar. Eu não julguei você, mas sim sua atitude. Eu gosto de você e seremos amigos ao sair daqui. Você, mas do que ninguém, também se julgou”, explicou Gui.

Duda não segurou as lágrimas, fazendo com que o paraquedista também chorasse.

“Todo mundo me enxerga como boxeadora. Todas as pessoas acham que eu sou forte, mas é mentira, eu sou mulher, sou frágil”, afirmou a boxeadora.

O paraquedista revelou que não fez nada por mal, mas esclareceu uma situação, na qual as regras do jogo estavam claras.

Em seguida, os dois se abraçaram e concordaram que, apesar da decisão da produção, a convivência entre os dois e a amizade conquistada jamais vai mudar entre eles.

“Você pode ter certeza que seremos amigos. A produção tomará a decisão certa. Eu estou muito consciente do que eu fiz, mas quero sair de cabeça erguida”, finaliza o peão.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.