Após o cumprimento das tarefas, os peões batem um papo animado na cozinha

Na manhã desta terça-feira (27) os peões da equipe Formiga cumpriram suas atividades no reality. E depois que tudo estava terminado, os homens passaram um bom tempo conversando na cozinha sobre os mais variados assuntos.

Siga o Twitter do iG Gente e acompanhe as notícias dos famosos

Assim que Flávia e Angelis cuidaram dos coelhos, a assessora foi para a cozinha lavar a louça suja. E quando ela saiu dali, os integrantes masculinos da equipe Formiga aproveitaram para falar sobre mulheres.

Rodrigo Carril , Raphael e Sacramento trocaram confidências sobre táticas de xaveco e sobre os mais variados tipos de mulheres com quem já se envolveram. No meio da conversa , o carioca brincou com o fato do baiano ser bem experiente no assunto: “O Sacra já deve ter pegado até menina verde. Japonesa, negra, branca, ele pegou tudo!”.

Acompanhe tudo o que acontece na "Fazenda de Verão"

Na sequência, eles também falaram sobre o preconceito que ainda existe contra os negros. O técnico em refrigeração contou dois episódios em que foi confundido com um bandido no Rio de Janeiro. Além disso, o rapaz lembrou que já recebeu uma oferta em dinheiro para que fizesse sexo com um homossexual.

E quando o assunto foi parar no mundo gay, os peões revelaram que frequentam boates GLS e que não ligam para as cantadas que recebem. Carril também comentou sobre o preconceito que existe contra os gays até mesmo no Direito. “Às vezes tem preconceito com advogado que é gay. Quando tem um rolam piadinhas e tal. Isso não pode ser aceito”, criticou o gaúcho.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.