Ed Chernoff disse que o cantor se administrou doses de remédio e causou a própria morte

O médico Conrad Murray, acusado pela Promotoria de ser o responsável pela morte de Michael Jackson
Getty Images
O médico Conrad Murray, acusado pela Promotoria de ser o responsável pela morte de Michael Jackson
Ed Chernoff , advogado de defesa de Dr. Conrad Murray quer provar que seu cliente não é culpado pela morte de Michael Jackson . No julgamento que acontece nesta terça-feira (27), o advogado culpou Michael Jackson pela própria morte para a Corte Superior do condado de Los Angeles.

Siga o iG Gente no Twitter e receba as notícias das celebridades em tempo real


Segundo Ed Chenoff, o cantor não conseguiu suportar a pressão sofrida por seu retorno aos palcos. "A verdade é que Michael Jackson ainda não estava pronto. Não importa o quanto ele ensaiou. Ele não estava pronto, tinha dúvidas do sucesso da turnê. Os convites venderam rapidamente e ainda era pré-venda. Nem ele acreditou. Dr. Murray estava ajudando seu paciente, como sempre fez com todos os outros”, falou.

LEIA MAIS: Família de Michael Jackson está no julgamento do médico do cantor

O advogado seguiu com a sua argumentação e falou que Dr. Conrad providenciou doses de porpofol para Michael Jackson suportar suas dores e o aconselhava a dormir de forma natural, sem auxílio de remédios.


“Por dois meses, Conrad Murray deu propofol para Michael Jackson. O que nossas provas mostrarão é que Michael Jackson não morreu por ter tomado propofol por dois meses, mas porque Conrad parou de dar o remédio para ele. Ele sempre disse para Michael, 'você não pode tomar este remédio. Encontraremos outra forma para você dormir de forma natural, sem a ajuda de sedativos’”.

LEIA TAMBÉM: Julgamento pela morte de Michael Jackson começa nesta 3ª feira

O advogado ainda também que Michael Jackson tomou 8 comprimidos de 2 mg de Lorazepam. Ele acrescentou que o cantor se auto-injetou o medicamento Propofol, ocasionando sua morte.

Confira fotos da galeria:

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.