Pela primeira vez apresentadora verá boneco da Playboy, antes da coletiva de imprensa da publicação, que acontece nesta terça (2)

Adriane Galisteu brinca com o filho, Vittorio, em piscina de bolinha
Claudio Augusto
Adriane Galisteu brinca com o filho, Vittorio, em piscina de bolinha

Prestes a completar 1 aninho daqui a dois dias, Vittorio foi com a mãe, Adriane Galisteu , curtir a festa de três anos de Gabriel , filho de Astrid Fontenelle . O tema da noite foi Disney, um dos preferidos do menino, que também ganhará o mimo em sua primeira festinha. "Mesmo se eu quisesse passar o aniversário com ele na Disney não daria porque tenho mil compromissos essa semana", disse a apresentadora, na noite desta segunda-feira (1), no Espaço Buticabeira, em São Paulo.

Siga o iG Gente no Twitter e receba as notícias das celebridades em tempo real

Entre os inúmeros eventos estão a coletiva de imprensa de lançamento da revista Playboy, em São Paulo, e a festa de comemoração, no Rio de Janeiro. "Vou sair da festinha de hoje e ir pra casa porque vou dar um jantar para o (J.R.) Duran e sua equipe. Vai ser a primeira vez que vou ver o boneco da revista", disse ela.

Sobre os dez dias que ficou na Itália, no fim de junho, para fotografar para a publicação, Galisteu só não curtiu um episódio: ficar longe do filhote. “Foi muito difícil ficar longe dele, mas eu trabalhei pesado e tentava não pensar muito nisso. Meu pediatra me aconselhou para eu evitar de entrar em contato com o Vittorio para que ele não sentisse a minha ausência. Não seria bom falar e não vê-lo pelo Skype porque não seria legal para ele", contou ela.

Galisteu e Vittorio
Claudio Augusto
Galisteu e Vittorio

Galisteu até que seguiu a risca a recomendação médica. "Mas ligava umas 20 vezes por dia para a avó dele para saber como ele estava”, revelou ela sobre o filho que ficou aos cuidados de sua mãe, Dona Emma .

A apresetadora ainda comentou sobre as dificuldades de criar um filho. "Até queria ter mais uma criança, mas não tenho tempo para nada. Vittorio não para três minutos em uma atividade. Ele não tem discernimento ainda e está em uma fase complicada, de bater a cabecinha nas coisas, colocando tudo na boca. Mas é maravilhoso acompanhar isso", falou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.