Peça, que está em cartaz no Rio de Janeiro, ainda conta com Luiza Thomé e Daniel Del Sarto no elenco

Namorada, noiva, melhor amiga, mãe, dona-de-casa, a profissional bem-sucedida ou a fracassada. Cada um desses tipos femininos marca presença no universo de "Mulheres Alteradas", a famosa série de quadrinhos da ilustradora argentina Maitena, que ganhou sua versão teatral com Adriane Galisteu , Luiza Thomé , Mel Lisboa e Daniel Del Sarto no elenco. “Sempre fui uma apaixonada pelo trabalho da Maitena. Ela tem um humor ácido e entende o universo feminino como ninguém”, diz Galisteu.

Mel Lisboa em seu camarim
Leo Ramos
Mel Lisboa em seu camarim

Na adaptação brasileira, as personagens ganham nomes e personalidades: Lisa (Adriana Galisteu) é separada do marido, mãe de um único filho, porém, em crise por conta de um nódulo que apareceu em um dos seios; Alice (Mel Lisboa) é uma mulher solteira, vive no mundo da lua, mas não desiste de encontrar o seu grande amor; já Norma (Luiza Tomé) é uma executiva pragmática, casada, com dois filhos que, agora, se depara com a terceira gravidez. Já Daniel Del Sarto incorpora vários personagens masculinos.

Em uma sexta-feira chuvosa, a reportagem do iG acompanhou os bastidores do espetáculo, sucesso de crítica e de público. A primeira a chegar ao Teatro Clara Nunes, no Shopping da Gávea, na Zona Sul do Rio, é Mel Lisboa. Ela fala com todos da equipe e se desculpa pela bagunça em seu espaço no camarim. “Gente, vocês estão tirando foto da minha zona? Que vergonha”, brinca ela, que levou pão de queijo para os companheiros de elenco. “Só trouxe porque sabia que vocês estavam aqui”, brinca.

As três protagonistas dividem um camarim com quatro penteadeiras, uma poltrona e um armário com figurinos e roupões personalizados para as atrizes. “Não é lindo? Tem o nosso nome”, brinca Mel. Instantes depois, Adriane Galisteu chega: “Vocês não acreditam? Eu tinha milhões de coisas para fazer, mas dormi a tarde inteira. Acordei e vim correndo”, fala a apresentadora.

Adriane Galisteu, Daniel Del Sarto e Mel Lisboa conversam nos bastidores
Leo Ramos
Adriane Galisteu, Daniel Del Sarto e Mel Lisboa conversam nos bastidores
Alteração é só no nome, mesmo. Após elogiar o look de Mel – que a atriz diz, com muito orgulho, ter comprado em lojas de departamentos europeias “por uma pechincha” -, Adriane engata uma conversa sobre o filho Vittorio e as duas trocam experiências sobre andador. “Eu sei que falam que não é bom as crianças usarem, mas ele ficou tão feliz”, diz.

Daniel Del Sarto, que tem um camarim próprio por ser o único homem do elenco, entra e começa a falar sobre um show que fez no dia anterior. “Você já está maquiado? Nossa, temos que começar a nos preparar!”, fala Galisteu, colocando rímel nos olhos.

Além da maquiagem e da roupa, cada um tem o seu ritual antes de entrar em cena. Adriane gosta de ser a primeira a ficar pronta. No primeiro sinal, vai para a coxia e reza. Mel se alonga, repassa o texto usando uma rolha na boca, conselho da fonoaudióloga. “É porque minha personagem fala muito rápido” – e emana um mantra, que a própria inventou: “Te respeito. Proteja-me como te protejo”.

Como Daniel faz vários personagens e canta em várias cenas da peça, o ator gosta de aquecer a sua voz cantando músicas ao violão. “Não tem uma específica. Depende do dia e do humor”, diz ele, que afirma não ter problemas em ser o único homem em cena. “Prefiro ficar rodeado de mulheres do que de homens”, brinca.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.