A atriz está no país africano para visitar os refugiados da seca e da guerra

 Scarlett Johansson no acampamento de Dadaab, leste do Quênia, onde chegam milhares de somalis fugidos da guerra
EFE
Scarlett Johansson no acampamento de Dadaab, leste do Quênia, onde chegam milhares de somalis fugidos da guerra


Embaixadora da ONU desde 2004,  Scarlett Johansson está no Quênia em visita aos refugiados que sofrem com a seca e a guerra no país. De acordo com um comunicado da ONG Intermon Oxfam desta segunda-feira (26), a atriz lamenta a condição miserável dos somalis castigados com a desertificação e a fome. "A pobreza no local é assustadora", disse a americana, que acredita que a crise seja aumentada pelo conflito político, e que não pode ser ignorada.

Siga o iG Gente no Twitter e acompanhe todas as notícias sobre sua estrela favorita

“Mais da metade dos somalis que morreram são crianças, toda uma geração está perdida. A comunidade internacional deve atuar agora de maneira contundente", ponderou a atriz. No início de setembro, as Nações Unidas declararam que quatro milhões de pessoas sofrem com a seca no país, e que 750 mil podem morrer nos próximos quatro meses.

 Scarlett Johansson em Turkana, noroeste do Quênia, uma das regiões mais afetadas com a seca
EFE
Scarlett Johansson em Turkana, noroeste do Quênia, uma das regiões mais afetadas com a seca

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.