Angelina Jolie entrou com pedido de divórcio de Pitt por não concordar com a maneira como o ator se relaciona com os filhos

Angelina Jolie está movimentando um  processo para se separar de Brad Pitt. De acordo com a agência de notícias Reuters, a atriz deu entrada no pedido de divórcio do galã nessa segunda-feira (19). A informação foi confirmada pelo advogado da artista. Além da separação, Angelina deseja também a guarda dos seis filhos, permitindo que o pai os faça visitas regulares.

Jolie está com anorexia e pesando apenas 35kg, diz tabloide

Angelina Jolie e Brad Pitt
Reprodução/Twitter
Angelina Jolie e Brad Pitt



"Essa decisão foi tomada pelo bem da família. Ela não irá comentar, e pede que a família tenha privacidade neste momento", explicou o advogado Robert Offer em um comunicado à imprensa.

De acordo com o site "TMZ", fontes próximas a Angelina Jolie  garantem que o principal motivo a desencadear o divórcio seria o modo como Brad Pitt se relaciona com os filhos, visto com maus olhos pela atriz. O site descarta ainda qualquer hipótese de uma traição envonveldo o casal e revela que a atriz não exige uma pensão do galã.

Angelina recorreu à ajuda da advogada Laura Wasser, conhecida como a especialista em separações no mundo das celebridades. Ela já trabalhou com nomes como Ryan Reynolds, Heidi Klum, Ashton Kutcher, Christina Aguilera, Marta Kauffman e Johnny Depp.

💑

Uma foto publicada por Brad Pitt ️️️ (@bradpittoficial) em


O casal vivia junto desde 2004, mas o casamento foi oficializado apenas dez anos depois, em 2014. A data de separação foi oficializada como sendo no dia 15 de setembro de 2016. 

Jolie é proibida por médicos de fazer cirurgia por "ser magra demais"

Antes do relacionamento com o ator, Angelina Jolie foi casada com o ator Jonny Lee Miller, entre os anos de 1996 e 1999, e com o ator Billy Bob Thornton, de 2000 até 2003. Já Brad Pitt viveu cinco anos casado com Jennifer Aniston. Quando o casamento chegou ao fim, boatos davam conta de que o galã teria traído a atriz com Angelina.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.