"Nunca imaginei que minhas palavras pudessem machucar quem me entrevistava", diz cantor em vídeo divulgado na noite desta quarta-feira em suas redes sociais

Biel
Reprodução/YouTube/Biel
Biel

Um mês após ser  denunciado por uma repórter  do iG por assédio sexual, o cantor Biel publicou na noite desta quarta-feira (8) um vídeo no qual pediu desculpas para a jornalista que fez a denúncia junto à 1ª Delegacia da Mulher de São Paulo e também para "todas as mulheres que se sentiram ofendidas".

"Nunca imaginei que minhas palavras pudessem machucar quem me entrevistava. Estou aqui para pedir desculpas, não só com a repórter, mas com todas as mulheres que se sentiram ofendidas com as minhas palavras", diz o cantor na gravação com pouco menos de dois minutos (assista na íntegra ao final do texto).

"Eu brinquei com assuntos sérios, que estão na mídia, não deveria ter feito isso. Estou profundamente arrependido e estou aqui para pedir desculpas para todo mundo que se ofendeu com o que eu disse. Depois de analisar a situação inteira, eu pude perceber o quanto foi constrangedor, e está sendo, para mim", completa o cantor de 20 anos.

Biel afirmou ainda que vai mudar após o caso, pessoalmente e como artista: "O Biel que deu aquela entrevista não é o Biel que vai continuar daqui para a frente. Com certeza me tornei mais homem e um profissional melhor depois desse acontecimento. Podem esperar um amadurecimento do meu trabalho e também como pessoa depois disso. Desculpa".

Mudança de posicionamento

No entanto, esta não é a primeira vez que Biel se pronuncia desde a publicação da reportagem, na última sexta-feira (3), que relata o assédio sofrido pela profissional do iG .

No último domingo, a apresentadora Eliana leu uma mensagem do cantor enviada a ela, na qual afirmou que estava "abismado" com a denúncia porque a repórter "não se mostrou decepcionada" em nenhum momento durante a entrevista, concedida em maio.

No dia seguinte, Biel tentou se justificar em seu Instagram, negando ser machista e afirmando que não conseguia entender como suas declarações não haviam sido levadas na brincadeira. "Machista? Nem homem me considero ainda pra ser prepotente ao ponto. Sou um menino, menino que brinca, menino sem papas na língua, menino que sorri."

Repercussão do caso

A denúncia de assédio sexual teve um impacto direto na carreira do cantor. No início da semana, o Comitê dos Jogos Olímpicos do Rio retirou o cantor do revezamento da Tocha Olímpica  que estava programado para acontecer em Fortaleza, no Ceará.

"O intuito do revezamento da Tocha é passar uma mensagem de paz e, por isso, o Comitê não quer se vincular a esse caso enquanto as coisas não tiverem esclarecidas", explicou o comitê.

No meio artístico, o impacto também parece ter sido grande. Segundo informações do jornal "Agora", o nome do cantor teria sido vetado em programas da Globo e até sua música, " Química ", que faz parte da trilha sonora da novela "Haja Coração", deixaria de ser tocada até que a história fosse resolvida.

Assista ao vídeo com o pedido de desculpas de Biel:


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.