Ex-modelo recebeu Gugu na Suíça e lembrou da infância, falou sobre ser hermafrodita e do preconceito que ainda sofre

Roberta Close foi a atração do "Gugu" da noite de quarta-feira. O apresentador viajou até Zurique, na Suíça, para se encontrar com a ex-modelo. Aos 50 anos, Roberta vive longe do Brasil e lembra como foi a infância, diz que foi obrigada a sair de casa aos 14 anos, dá detalhes sobre o fato de ser hermafrodita e ainda comenta polêmica com foto que se espalhou na internet: "Falaram que eu estava deformada, que eu era um monstro. Eu não me sinto um monstro". 

Infância

Roberta nasceu Luiz Roberto e conta que sofreu preconceito e bullying na infância. "Eram muitos castigos, eu apanhava de chinelada e cinto", lembra. Ela era um menino, mas com a cabeça de garota e não conseguia se encaixar. A relação com a família foi conturbada e Roberta saiu da casa dos pais ainda na adolescência. 

"Eu acho que precisei muito mais de atenção por ter saído muito jovem do relacionamento familiar, quase sendo obrigada, porque não foi uma escolha minha. Foi uma situação em que me obrigaram a sair do constrangimento, porque era tudo muito difícil. Minha mãe sempre me apoiou, mas, por outro lado tinha o castigo. Apanhava muito", comenta. 

O preconceito era em todos os lugares. "Apanhei na rua às vezes. As pessoas não lidavam muito bem com isso. Me traz sofrimento pensar porque tão jovem eu fui obrigada a passar por tantos obstáculos", recorda. 

Hermafrodita

Roberta Close fez uma operação para mudança de sexo em 1989, no Reino Unido, e dá mais detalhes da intimidade e de toda a sua história em sua biografia "Muito Prazer, Roberta Close", de Lucia Rito. Gugu citou o livro durante a entrevista ao falar sobre Roberta ser hermafrodita. 

Ela conta ao apresentador que passou por exames de genes e explica o seu caso. "O hermafrodita nasce complicado. Existe falta de esclarecimento, não sou médica, mas posso dar explicação de como funciona porque passei por muitos legistas. Somos todos humanos, alguns com defeitos. Acho que a humanidade é especial por causa da diversidade". 

Gugu também conversou com o cirurgião Dr. Jalma Jurado, que esclareceu o assunto. "Quando as pessoas nascem com ambiguidade, não se sabe se é do sexo masculino ou feminino, usa-se esse termo. Mas não é mais usado na medicina. No caso de Roberta, que diz ter nascido uma hermafrodita feminina, pseudo-hermafrodita, os órgãos dela são masculinos e na cabeça ela sente que devam ser femininos. Os métodos para descoberta são de exame físicos e laboratoriais. É possível chegar a essa conclusão em termos médicos", diz o médico. 

Roberta passou por exames e, depois de 15 anos, conseguiu trocar o nome no RG. "Foram 15 anos para conseguir mudar o nome, mas o nome em si não era um problema. O problema era o gênero", comenta. 

Foto de Roberta Close que causou polêmica nas redes sociais
Reprodução/Instagram
Foto de Roberta Close que causou polêmica nas redes sociais

"Não me sinto um monstro"

A ex-modelo ainda falou sobre uma foto que caiu nas redes sociais recentemente na qual aparece ao lado do estilista Valério Araujo. Comentaram que ela havia exagerado no botox e que estava muito diferente da musa que foi nos anos 80. 

"Falaram que eu estava deformada, que eu era um monstro. Eu não me sinto um monstro. Eu não me vejo desfigurada, eu não me vejo um monstro", responde Roberta. 

Durante a exibição do programa, alguns internautas voltaram a fazer piadas com Roberta Close. No Twitter, por exemplo, um deles colocou uma foto do Fofão com a legenda "To aqui assistindo a Roberta Close no #Gugu". 

Beijo negado

Roberta ainda revelou que o ator Bemvindo Sequeira se recusou a beijá-la em cena. Ela fez uma participação na novela "Mandacaru", da extinta Manchete, no final dos anos 90 e Bemvindo era um dos protagonistas da trama. 

"Na época, os atores queriam ser os bonitões, mas sem exercer a função na história. Ele disse [sobre o beijo]: eu sou contra, pois vai depor contra a minha conduta de galã", afirma. "Não me magoou, mas vi bem onde estava, me dei conta do tipo de gente que tinha perto", completa. 

Record vence a Globo

Gugu ficou na liderança por 39 minutos. Durante a entrevista, das 23h55 à 00h08, a atração ficou em primeiro lugar com 10,2 pontos de média. A atração consolidou o segundo lugar isolado na audiência com 12 pontos de média, contra 9 pontos da concorrente terceira colocada.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.