Grande parte do crescimento e da educação da menina, assim como sua relação com o irmão, serão feitas longe da mídia

BBC


Kate Middleton
AP
Kate Middleton

Apesar da riqueza e dos palácios, a vida de um membro importante da monarquia britânica nem sempre é fácil e pode ser muito solitária, segundo observadores especializados na família real.

A criança nascida neste sábado, a princesa de Cambridge, é a quarta na linha de sucessão real, atrás do avô, o príncipe Charles , de seu pai, o príncipe William , e de seu irmão, o príncipe George .

Há poucas pessoas capazes de entender o que significa ocupar uma posição tão alta. Em relação a um futuro herdeiro, como o príncipe George, a nova princesa pode ser a única capaz de entender realmente a situação.

Elizabeth e Margaret
A rainha Elizabeth 2ª notoriamente tinha uma relação muito próxima com sua irmã mais jovem, Margaret . As duas tinham poucas opções além da companhia uma da outra, uma vez que experimentavam pouco contato com o mundo externo.

Elas não frequentaram escolas normais – sendo educadas dentro de palácios. Para ter contato com crianças de sua idade eram sempre escoltadas por guardas, e apenas dentro do palácio. Mas os laços fraternais desenvolvidos naquela época continuaram ao longo da vida de ambas. Apesar das diferenças de caráter, elas sempre foram muito unidas – supostamente se falando por telefone diariamente.

Charles e Anne
O príncipe Charles e a princesa Anne têm uma diferença de idade de apenas 21 meses – a mesma do príncipe George e de sua nova irmã. Uma carta privada escrita pela rainha, a então princesa Elizabeth, quando Anne tinha três semanas de vida, descrevia Charles como "fascinado pela irmã" e dizia que ele a tratava com grande cuidado.

Porém, quando adultos, apesar de terem escolhido casas de campo distantes apenas 16 quilômetros, eles não são muito próximos - apesar de se darem bem.

Mas irmãos reais sempre tiveram relações complicadas ao longo dos anos. Um dos episódios mais dramáticos ocorreu em 1478, quando Eduardo 4º teria afogado seu irmão mais jovem, George , duque de Clarence – suspeito de traição.

William e Harry
Mas a rivalidade entre irmãos contrasta com a relação entre os príncipes William e Harry (filhos de Charles e Diana ) – que têm uma relação muito próxima. Além de terem crescido juntos, eles tiveram que suportar a morte da mãe quando tinham 15 e 12 anos, respectivamente. Os dois afirmam serem os melhores amigos um do outro.

A autora Penny Junior , que escreveu perfis dos dois príncipes, afirma que ser uma criança real é difícil. "Eles sempre serão objeto de curiosidade. Certamente é inestimável para William e Harry terem crescido e permanecido juntos e também será para George e sua pequena companheira".

A princesa Diana tentou fazer a educação de William e Harry ser o mais normal possível e esta certamente também é uma prioridade para William e Kate. O lado negativo para quem estiver ansioso para ver George e sua irmã é que muito do crescimento e da educação deles acontecerá longe do público.

O príncipe George tem causado fascinação em muitas partes do mundo desde que nasceu em julho de 2013. Mas a imprensa teve poucas oportunidades para filmá-lo: na porta do hospital logo após o nascimento, no seu batismo e quando ele acompanhou seus pais à Austrália e à Nova Zelândia no último mês de abril.

Foram divulgadas fotografias tiradas em momentos importantes para a família, como seu primeiro aniversário. Nessa ocasião sua aparência e suas roupas foram exaustivamente analisadas e comentadas.

Agora que há dois novos membros da família real o interesse será dobrado. Mas ao menos eles podem se apoiar e dividir a responsabilidade causada pela atenção pública que terão ao longo de suas vidas.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.