Apresentador participou do programa do Gugu na noite de terça-feira (31) e falou da mudança de emissora e de polêmicas

O apresentador Luiz Bacci  fez a sua primeira aparição como novo contratado da Record na noite de terça-feira (31). O Menino de Ouro está de volta à emissora após rescisão de contrato milionário com a Band e participou do programa do Gugu. No palco, Bacci respondeu a polêmicas sobre a sua saída da Band e detonou o ex-colega Datena. 

Luiz Bacci teria deixado a antiga emissora sem se despedir. Ele deu a sua versão. "Quarta-feira fui chamado na direção da Band. Eles me disseram que meu contrato seria rescindido alegando cortes de gastos na emissora. Isso foi na quarta, já na quinta não teve nenhum encontro, o meu programa era às 8 horas da manhã e foi normal. Na sexta-feira, o encontro seria à tarde, portanto, oficialmente, eu ainda estava como contratado. Só quando tem algo assinado para sair pelos advogados é que você se considera fora", explicou para Gugu. 

"Eu fiz o meu último programa na sexta, só que não podia me despedir sem ter sido avisado oficialmente. Sabia por boca a boca. Então, me limitei a dizer que o programa voltava na segunda-feira. Acho que quando me chamaram, naquela quarta-feira, deveria ter tido o contrato para assinar a rescisão. Por isso, saiu essa notícia. Eu não me despedi porque não quis. É por orientação de quem cuida da minha carreira", completou. 

Um dos programas de Luiz Bacci na Band foi o Tá na Tela. A atração durou quatro meses . Após o término, Datena comentou que o programa do Menino de Ouro chamava atenção pela apelação. Questionado sobre o assunto, Bacci disse que Datena não o respeitou depois que seu programa acabou por corte de gastos na emissora. 

"O Datena, ao invés de me ligar ou mandar pelo WhatsApp, não o fez. Terminou o programa e eu estava muito fragilizado com aquela situação. Era um sonho meu que estava se despedaçando. Eu estava buscando forças para me reconstruir e o Datena, que poderia ter ficado calado, ou ter a liberdade de falar comigo. Abro o jornal e vejo essa frase lá. Falar disso de um colega da mesma emissora que acabou de perder um programa, me desculpe, eu te respeito como profissional, mas aquele aliado que estava na mesma emissora, a partir daquele momento, quebrou a confiança", desabafou. 

"Datena, você pode ter certeza que, se um dia você perder o programa por qualquer razão, eu vou te dar força e apoio. Os únicos que podem julgar na televisão é o povo. O mínimo que você deveria ter feito era respeitar o meu momento de fragilidade", falou Bacci. 

Ele ainda negou que tenha saído da Record por dinheiro. "Até agora me pergunto por que deixei a Record", comentou o apresentador. Gugu aproveitou e retrucou: "Foi para ganhar mais?". Bacci respondeu, afirmando que foi para Band acreditando que realizaria um sonho e "quebrou a cara". 

"Não foi. Sabe por quê? Se fosse, eu teria aceitado a proposta de redução de salário da Band. Eu faço isso por paixão. Se querem pagar um bom salário pra gente, graças ao público, a gente agradece. Quem não quer ser bem remunerado pelo o que faz? Só que eu faço isso desde os dez anos de idade. Eu fui chamado para ir pra Band para realizar o sonho de ter um programa de auditório. Acreditei neles. Fui lá e quebrei a cara. Hoje, eu volto aqui de cabeça erguida e tendo consciência. Eu podia estar aqui dizendo que estava lá na Band e a Record foi me buscar [fez gesto de não ao público]. Eu falei para a Record que queria voltar". 

Luiz Bacci já sabe o que fará na volta à Record. Ele irá comandar o "Balanço Geral Manhã", em São Paulo, e participar do "Cidade Alerta", em rede nacional com Marcelo Rezende, diariamente, segundo comunidado da emissora divulgado na terça-feira (31). Além disso, aos sábados, o Menino de Ouro vai apresentar a edição especial do ‘Cidade Alerta’ em dias alternados com a apresentadora Fabíola Gadelha. 


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.