Magoado, Fábio Mássimo declarou que o filho, o ator Eduardo Spinetti, de "Império", mente quando diz que mal o conhece


Fábio Mássimo foi um dos principais galãs jovens da Globo nos anos 1970 e 1980, tendo atuado em novelas como "Os Gigantes" (1979), "Marina" (1980) e "Jogo da Vida" (1981), com Débora Bloch. Nesse domingo (22), ele participou do programa "Domingo Show", da Record, e falou sobre a relação com o filho,  Eduardo Spinetti , que interpretou o jornaleiro Pietro, em "Império".

Vivendo em uma comunidade carioca, em uma casa bastante simples, de apenas um cômodo, ele contou que teve muito dinheiro, mas que perdeu tudo com mulheres, viagens e álcool.

O ex-ator ainda declarou que foi o responsável por ter colocado o filho na novela de Aguinaldo Silva . "Tenho muito orgulho dele. Eu treinei, eu incentivei, eu trabalhei muito com ele para que ele chegasse até aí."

Ele revelou que não criou o filho. Spinetti viveu nos Estados Unidos dos 3 aos 17 anos com a mãe Lenise , e o padrasto, Carlos Cantuaria , a quem ele considera como seu verdadeiro pai. De qualquer maneira, Mássimo diz que o filho mente quando diz que mal o conhece e que nem sabia que ele era ator. "Deixei muitos compromissos de lado para ensiná-lo a atuar", contou.

Fábio relatou um encontro recente com o filho: "Encontrei ele um dia e ele abriu a camisa para mim e mostrou o crachá da Vênus Platinada, como quem diz: 'não preciso mais de você'".

Mássimo aproveitou e pediu para que diretores da Globo dêem uma chance para ele, porque sua vontade é voltar a atuar. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.