Sertanejo teria alta do hospital nesta terça-feira (03), mas sofreu uma parada cardíaca após falha no rim


Morreu, nesta terça-feira (03), aos 68 anos, o cantor José Rico , parceiro musical de Milionário . O cantor, que estava internado em um hospital Unimed, de Americana, interior de São Paulo, após problemas que teve em um jogo de futebol, teria alta hoje.

Curta a fanpage do iG Gente no Facebook e receba as últimas notícias nos famosos

A notícia pegou familiares e amigos de surpresa. Inclusive, o cantor tinha uma entrevista marcada em uma TV para esta quarta-feira (04).

A assessoria do cantor confirma a morte e afirmou que foi em decorrência de uma parada cardíaca, após o rim deixar de funcionar. O velório acontece na Câmara Municipal de Americana, a partir das 20h.

De acordo com nota oficial no site da dupla, "José Rico Alves dos Santos foi internado hoje de manhã em Americana com complicações no coração, rins e joelho e não resistiu". de acordo com boletim médico, o cantor deu entrada no hospital nesta segunda-feira (02) com um quadro que não era considerado grave, mas seguiu internado para realizar exames. O mesmo boletim caracteriza a morte por insuficiência do miocárdio e, em seguida, parada cardíaca. 

Leia também:  Milionário : “Tem vários artistas que cantam sertanejo, mas não sabem o que é o sertanejo”

Junto com Milionário, José Rico formou uma das maiores duplas da história do sertanejo, levando o apelido de Gargantas de Ouro. "Estrada da Vida", "Boate Azul", "Dama de vermelho", "Ainda ontem chorei de saudade" e "Vontade dividida" são alguns dos clássicos na voz da dupla. 

A última gravação da dupla aconteceu em janeiro, durante participação no DVD de Victor e Leo . A canção "estrada Verelha" ainda é inédita. Abaixo, um pouquinho do que foi o encontro dos quatro artistas.





    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.