Carol Castelo Branco, Sabrina Sato e mais profissionais indicam como ter um corpo sarado sem anabolizantes



São 5h, momento da última mamada de Sophia . É nessa hora que a apresentadora da Record Carol Castelo Branco , a mãe da bebê de 5 meses, aproveita para dar um cochilo e se preparar para recuperar a boa forma de antes da gravidez. A rotina é diária.

Ao levantar, por volta das 8h, ela toma um suco verde à base de couve, come ovos e frutas e corre para o treino. "Nada de malhar em jejum. Às vezes, a gente quer fazer loucuras para emagrecer, come pouco e mal. Aí, o cabelo cai, a pele fica feia. Não adianta emagrecer desse jeito", conta ela, que já perdeu 14 kg, 2kg a mais do que o peso que ganhou na gestação. 

Carol Castelo Branco no treino com Fábio Aquino
Arquivo pessoal
Carol Castelo Branco no treino com Fábio Aquino

Sibutramina

Modelo no início da carreira, Carol admite já ter tentando conquistar o corpo ideal de maneira mais fácil. "Comecei a trabalhar muito cedo, a sibutramina era liberada, fiz uso com acompanhamento médico mas tive problema de tireoide. Passei maus bocados, ficava ansiosa, meu estômago ficou detonado", lamentou. "Tinha época em que precisava emagrecer de 5kg a 6kg em dez dias. Submeti meu corpo a isso, mas me arrependi e isso nunca mais vai acontecer", garante. "Além dos malefícios, usar anabolizantes ou medicamentos é uma muleta, você vai explodir, recuperar o peso ou ter algum problema de saúde".

Com essa experiência, Carol entendeu que só conseguiria ter um corpo bonito e saudável com reeducação alimentar e exercício físico. "Ainda assim, é muito moderado porque o exercício muito intenso acaba prejudicando a fabricação de leite. Para quem está amamentando, o ideal é esperar para treinar musculação, tonificação, por exemplo, após o sexto mês do bebê".

Evoluir para crescer, perder ou definir

Dheborah Giorgia aos 9 meses de gravidez e em foto tirada em 2014
Arquivo pessoal
Dheborah Giorgia aos 9 meses de gravidez e em foto tirada em 2014

A rotina intensa é, muitas vezes, uma desculpa para as famosas recorrerem a métodos que prometem milagres. "As celebridades são pessoas vivem do corpo, da imagem. O que vale é aparecer linda, magra e sarada. Geralmente, as que são muito magras passam fome e as bombadonas tomam tudo. É impossível ser bombada sem anabolizante pode ser que a pessoa negue, diga que é suplemento, mas dá para reconhecer a diferença, principalmente nas mulheres", opina Fabiano Hildebrando , educador físico, ao iG .

Segundo o profissional, dá para perceber quando a mulher está fazendo uso de substâncias anabolizantes. "Dá para reconhecer pela definição muscular mais parecida com a masculina. A pele seca, como a gente diz, cola no músculo porque a gordura subcutânea desaparece", explica, mencionando  Gracyanne Barbosa . "Nas feiras que eu frequento, percebo que o abdôme, o obliquo dela é mais trincado que o meu. Ela é muito forte", acrescenta. Ele também repara em Sabrina Sato , cuja boa forma é aclamada em revistas e nas redes sociais. "No caso da Sabrina, é um corpo mais natural. Ela é grandalhona, mas não tem um barriga trincada, aquela coxa que a mulher pisa aparece toda musculatura saltada. É diferente", observa.

+ 15% dos suplementos são “batizados” com substâncias proibidas

Definição e 40 kg a menos

Ao contrário de Carol Catelo Branco, para a atleta Dheborah Giorgia , de 32 anos, o start veio bem depois do nascimento da filha, Laura, de 3 anos. "Cheguei aos 93 kg na gravidez. Sempre fui atleta na adolescência, mas acabei perdendo o hábito depois e achei que fosse ficar gorda pra sempre. Sabe quando a gente pensa: 'não dá para voltar a ter aquele corpo?' Tinha vergonha de acender a luz na hora do sexo, já estava conformada até que um amigo me chateou. Ele disse: 'Você está horrível. Até quando vai ficar largada desse jeito?'. Chorei, mas me toquei", lembra. Em três anos de treinos, Dheborah emagreceu 40 kg. "O exercício é fundamental para a mulher recuperar a autoestima", emenda.

Além de redescobrir o próprio corpo - Dheborah não apaga mais a luz na hora de namorar -  ela encontrou sua nova profissão. "Tinha uma cafeteria. Hoje, dou aulas de calistenia e flexibilidade e estou treinando muito para competir no pole dance. Minha vida mudou radicalmente", conta.

É claro que, em alguns momentos, ela sentiu insegurança. "Já me ofereceram anabolizantes, remédios para emagrecer, mas conquistei uma sintonia tão incrível com meu corpo que não preciso mais de nada. Tomei sibutramina, vários 'inas' antes de ser mãe, mas não faria isso de novo. A ignorância da juventude não me convence mais".

Sabrina é unanimidade

Sabrina Sato é sinônimo de corpo dos sonhos. E Marcio Lui , personal dela, garante: não tem bomba. "Treino pelo menos três vezes por semana. Faço muai thay, corridas, musculação e paddle fit.Também faço sessões de massagem em casa", conta ela. A alimentação da apresentadora e musa do carnaval também é regrada. "Além do acompanhamento do médico ortomolecular, substituo uma das refeições por shake e barrinhas de cereais", entrega.

Anabolizantes, nunca mais!

Iludidas com as promessas dos anabolizantes, famosas declararam arrependimento:

Deborah Secco , atriz

"É muito fácil [usar bomba] porque as pessoas ganham musculatura com muita facilidade e eu, muito menininha na academia. ‘Tem medo de injeção?’, ‘Não? Então vou tomar uma injeção para ficar linda’. E é isso. Depois, engordei 20 kg e tive muita dificuldade de emagrecer"

Maria Melilo , ex-BBB, desenvolveu um câncer no fígado

"Com uns 20, 21 anos de idade, comecei a tomar anabolizante e não parei. Acho que foram sete anos ao todo, até os meus 26, 27 anos”. 

Dai Macedo , ex-Miss Bumbum

"Já fiz uso de anabolizantes para alcançar um resultado rápido, mas percebi que os efeitos colaterais são muito ruins e parei. Me arrependo e não usaria novamente"

Veridiana Freitas , modelo

"Usei e me arrependi. Cheguei a fazer dois ciclos de anabolizantes quando era mais nova. Hoje em dia, jamais faria novamente. Comecei a me sentir masculinizada, e parei imediatamente. Meu voto hoje é por uma mulher mais feminina, com curvas, sarada, é claro, mas sem exageros"

Andressa Urach , apresentadora

"Fiz cirurgia íntima por causa do uso de esteróides, me arrependo hoje de ter usado. Foi uma inconsequência da minha adolescência"

        Curta a fanpage do iG Gente no Facebook e receba notícias dos famosos

Sabrina Sato: corpão com exercícios e disciplina
Divulgação
Sabrina Sato: corpão com exercícios e disciplina

Marcio Lui , personal trainer de Adriane Galisteu , Sabrina Sato e mais belas famosas responde algumas dúvidas sobre como ter um corpo incrível:

Você concorda que as mulheres estão querendo ficar mais sequinhas e musculosas, numa mudança do padrão mais musculoso, tipo panicat, nem magérrimo, tipo modelo. Você percebe isso, concorda?

Sim, pois este é um novo padrão que busca o equilíbrio. A maioria das mulheres entendem que a aparência exagerada de músculos torna o corpo masculinizado. Já aparência magérrima tipo modelo, apesar de favorecer as fotografias, não é fácil de alcançar sem grandes sacrifícios e nem é o mais atrativo para o público masculino. As mulheres gostam de se sentir atraentes, logo, a busca por esse equilíbrio visual,  definição com feminilidade, reflete saúde e não exageros. 

Qual você acha que é a melhor estratégia pra chegar neste corpo em linhas gerais?

A melhor estratégia sempre é a disciplina em dois itens, dieta e treino: A dieta deve ser equilibrada baseada em nutrição e nos objetivos do indivíduo, não em modismos. As dietas que estão na moda nem sempre serão saudáveis para todas pessoas e colaborarão com os resultados. Os treinos devem ter boa orientação profissional personalizada para cada objetivo.

Tem alguma dica de alimentação geral pra quem malha bastante?

Quem treina muito precisa de energia para isso. A alimentação deve ser rica em proteínas, gorduras boas. Um alimento que compõe esses dois itens é o ovo: clara e gema. Além disso, os carboidratos são importantes, principalmente de fontes naturais como as frutas. A banana pré treino é uma excelente fonte de energia proveniente de carboidratos naturais que auxiliam tantos nos treinos de força como nos aeróbios. É importante se alimentar antes e depois do treino.

O que você indica de suplementos em geral para quem quer chegar neste corpo?

Devido a correria no dia a dia das pessoas, o suplemente é bem vindo. O Whey protein é um exemplo. Para quem quer obter ganho muscular, a creatina quando corretamente administrada, é comprovado cientificamente que auxilia no bom resultado.

E quantas horas a pessoa deve malhar?

O tempo deve ser o suficiente para correta execução do treino com os intervalos orientados, uma hora é o tempo máximo exigido para um treino focado.

Qual o exercício não pode faltar jamais pra quem almeja um corpo assim?

Os paravertebrais e eretores de espinhas também chamados músculos do core, como o abdômen e lombar. Este grupo muscular dá estrutura a todo o corpo, logo, quem almeja um corpo assim, precisa treinar bem os grupos musculares superiores e inferiores, e só conseguirá fazer isso com evolução nos treinos quem estiver estruturado. Além disso, essa estrutura prevenirá lesões nos treinos nos membros inferiores e superiores e também em treinos de aeróbio. Por exemplo a corrida e o sppining.

Tem alguma sequência de exercícios ou estratégia de treino que tenha resultados muito especiais?

Sim, o treino periodizado. Primeiro com treino de força acompanhado de uma dieta rica em proteínas e carboidratos e depois o treino focado em queima de gordura com uma dieta mais restritiva, assim o ganho muscular adquirido na primeira etapa será substituído por definição muscular. Sempre lembrando que cada treino e dieta deve ser personalizado para a necessidade e objetivo do indivíduo.

Existe uma porcentagem de gordura ideal, uma proporção gordura x músculos que designe esse ‘novo padrão’ de corpo?

Sim, o ideal é sempre mais músculo do que gordura, porém isso depende da estrutura de cada individuo como o sexo e a idade. Lembrando sempre que quanto mais músculo seu corpo tiver, melhor será o seu metabolismo.

Para ter um corpo sequinho e malhado, o que importa mais: a alimentação ou o exercício?

Como descrito na pergunta, “corpo malhado” só existe com malhação. Um treino sem dieta não conquista resultados bem como uma dieta sem treino também não, portanto, não há o mais importante, alimentação e treino são igualmente importantes.

O que uma pessoa que almeja esse padrão de corpo não deve fazer?

Consumir bebidas alcoólicas e açúcares, e carboidratos em excesso.

E o tal pé na jaca? Qual o limite que você indica para as pessoas com quem trabalha?

O limite não pode ser drástico, isso nunca funciona! Maus hábitos alimentares vão se perdendo aos poucos. Depende muito do prazo que temos para trabalhar em busca do objetivo. Sempre indico comerem o que tem vontade uma vez por semana e não no fim de semana todo, começando pela sexta e seguindo para o sábado e domingo, e mesmo assim, nada de exageros, pois o nosso corpo se adapta à alimentação saudável e perderemos aos poucos o desejo de enfiar o pé da jaca.

Quais as dicas mais certeiras você daria pra quem quer começar agora o “projeto corpo sequinho, musculoso e saudável”?

Treino bem orientado de força e de aeróbios, com uma dieta mais restritiva, sem açúcares, rica em proteína de fonte animal e mínimo consumo de carboidratos, sendo consumíveis os de fonte natural como frutas e vegetais.

Em quanto tempo dá para chegar a um bom resultado?

Depende da disciplina e do objetivo do indivíduo. Considerando que haverá disciplina na dieta e nos treinos, um bom resultado pode ser alcançado de três a seis meses.

Qual sua opinião sobre os anabolizantes?

Eu sou totalmente contra. Nos dias atuais, o culto ao corpo perfeito se tornou moda. Uma moda que leva muitas pessoas a tomarem certos tipos de medicamentos e drogas sem auxílio de um profissional. São vendidos em diversos lugares vários tipos de medicamentos, remédios para emagrecer, para acabar com a flacidez, entre outros. Algumas pessoas, que não aceitam o próprio corpo e querem se tornar mais “fortes” e musculosas, acabam fazendo uso de anabolizantes sem saberem as consequências que o uso desses hormônios poderá acarretar em um futuro bem próximo.

👊👊👊 @chico_salgado 👊👊👊😃😘

Um vídeo publicado por Sabrina Sato (@sabrinareal) em


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.