Aos 55 anos, Tânia Wilma Abrão morreu menos de dois anos após a perda do irmão, Chorão, em março de 2013


A irmã do cantor Chorão , morto morto em março de 2013 , sofreu um Acidente Vascular Cerebral (AVC) e morreu nesse sábado (24), em Santos, no litoral de São Paulo. Tânia Wilma Abrão, de 55 anos, faleceu quase dois anos após o músico ter tido uma overdose de cocaína. A informação foi confirmada pela apresentadora Sônia Abrão , prima de Tânia e Chorão.

"Pedimos orações em nome da irmã do Chorão. Que Deus ampare toda a família e, em especial, a Vó Nilda, que perdeu o segundo filho em menos de dois anos. É dor demais para uma família", escreveu Sônia no Twitter. "Ela morreu apenas 1 ano e 9 meses depois do irmão. Estou tentando cair na real de que agora só ficou a foto", emendou.

Morte de Chorão

Aos 42 anos, Alexandre Magno Abrão, conhecido como Chorão, foi encontrado morto em um apartamento em São Paulo. Segundo laudo do Instituto Médico Legal, uma overdose de cocaína matou o cantor.

            Curta a fanpage do iG Gente no Facebook e receba notícias dos famosos

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.