Há mais de 40 anos na televisão, Jô Soares está há 15 no mesmo programa da Globo

José Eugênio Soares, o Jô Soares , completa 77 anos nesta sexta-feira (16). O apresentador nasceu no Rio de Janeiro e teve como sonho de infância ser diplomata. Chegou a estudar na Suíça, aos 16 anos, mas percebeu que sua veia criativa falava mais alto. 

Jô já escreveu livros, roteiros e peças de teatro, mas foi na televisão que fez o seu nome ficar famoso. Nos anos 60, roteirizou e atuou em "Família Trapo", na Record. Depois, em 1970, estreia no seu primeiro humorístico na Globo, "Faça Amor, Não Faça Guerra", um programa em meio à Guerra Fria que brincava com o lema hippie que dá nome ao show. "Satiricom" foi seu próximo programa, três anos depois, onde satirizava noticiários televisivos.

"Planeta dos Homens" estreou em 1976 como uma sátira ao filme "Planeta dos Macacos". A série ficou no ar por sete anos e Jô atuou por seis, saindo para começar o seu primeiro programa solo: "Viva o Gordo", com o roteiro de  Armando Costa .

Curta a fanpage do iG gente no facebook e receba as notícias dos famosos.

Em 1988, Jô vai para o SBT, onde cria o programa "Viva o Gordo", nos mesmos moldes de seu último programa na Globo. No mesmo ano, o talk-show "Jô Soares Onze e Meia" vai ao ar, inspirado nos programas americanos. Porém, em 2000, Jô volta para a Globo, onde inicia o "Programa do Jô", que continua até os dias de hoje.

Jô Soares também atuou em 23 filmes e lançou sete livros. Foi casado três vezes e recentemente perdeu seu único filho, Rafael Soares , que vivia com autismo.

Morre filho de Jô Soares, Rafael Soares

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.