Elenco ainda palpitou sobre a identidade do grande vilão da novela de Aguinaldo Silva

Aguinaldo Silva deixou uma pulga do tamanho de um dinossauro atrás da orelha de cada telespectador quando afirmou que Maurílio ( Carmo Dalla Vecchia ) vai assassinar um personagem de “Império” (Globo) na terça-feira de carnaval. Segundo uma fonte do iG, a escaleta (um tipo de rascunho) do capítulo que contém o nome misterioso da vítima já está escrito, e apenas do diretor da novela, Rogério Gomes , é quem sabe e guarda o segredo a sete chaves. Até sua equipe está às escuras.

Pois o iG encontrou com boa parte do elenco da trama das 21h na noite de quarta-feira (14), no lançamento do livro de Maria Ribeiro no Rio, e colocou geral contra a parede: afinal, quem vai morrer pelas mãos de Maurílio? Paulo Betti , que vive o ácido Téo Pereira, já manda avisar que não está nem um pouco a fim de sair da trama agora. “Eu não quero que ele morra. Ele tem motivos para ser a vítima de alguém, mas se for assim, quem vai continuar contando a história? Sim, porque o Téo vai lançar aquele livro do Comendador. O fim precisa ser ele autografando o livro para o José Alfredo (risos)”, brincou.

Carmo, o assassino em questão, também tem o palpite na ponta da língua, “mas não falaria nunca, porque imagina se eu acerto? Daí vou estar divulgando o que realmente vai acontecer”, disse. “É muito interessante esse ‘quem matou’ não tradicional do Aguinaldo. É o ‘quem ele vai matar’. Nunca vi isso em nenhum lugar”, completou.

Caio Blat deixou escapar que nos bastidores, assim como na casa dos telespectadores, o suspense é o mesmo. “A gente fica pensando em fazer um bolão da novela. Acho Téo Pereira uma boa vítima. Aliás, eu também sou uma possível vítima. O José Pedro está se sentindo totalmente humilhado. Adoraria que fosse eu o assassinado”, afirmou.

Leandra Leal defendeu sua mocinha. “Se a cristiana morrer vira ‘Game of Thrones’, né?”, brincou, citando o seriado em que todos os principais personagens são vítimas em potencial a qualquer minuto da trama. “Não tem como ela morrer, é bem difícil… Se bem que tudo pode acontecer. Mas eu acho difícil. Acho que a vítima é alguém que vai descobrir o segredo e ameaçar o Maurílio. E tem várias que tão perto de descobrir isso, inclusive a Cristina”, pontuou a protagonista.

Othon Bastos , o misterioso mordomo Silviano, apontou no achômetro a autora da noite, Maria Ribeiro, como a morta na Sapucaí. “Danielle pode ser que esteja na mira do Maurílio. Cristina (Leandra Leal) também é um empasse na vida dele. Aliás, na vida de todo mundo da família. O Téo tem aquela língua ferina. Tem várias pessoas…”, continuou o veterano.

Por falar em Silviano, aquela clássica fama do mordomo tem feito a cabeça de algumas pessoas quando o assunto é a identidade do real vilão que está por trás de Maurílio. Segundo Joaquim Lopes , o Enrico, o mordomo de Maria Marta tem grandes chances. “Mordomo sempre sabe tudo, né? Por isso acho que pode ser ele”, disse.

Curta a fanpage do iG gente no facebook e receba as notícias dos famosos.

Caio Blat concordou: “Silviano guarda muitos segredos escondidos sobre a família toda”. Othon, o intérprete do personagem, se mostrou animado com a possibilidade. “Como ator seria extraordinário. Depois de 25 anos da vida em família, de repente, você descobre que o mordomo é um facínora (risos). A mudança é um prato cheio”, comentou.

“Agora, tem um meio escondido que é Reginaldo ( Flávio Galvão ). Ele está voltando agora, e ele já foi do garimpo, como o Roberto Bonfim também foi. Ele conhecem o Comendador de outros tempos. Já estamos com um bolão entre a gente. Só sei que uma coisa que o Aguinaldo não é é óbvio”, decretou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.