Andressa Urach fala sobre seu drama para o Daily Mail


Andressa Urach escolheu a versão online do tabloide britânico Daily Mail para dar sua primeira entrevista sobre o trauma de quase ter morrido por conta de procedimentos estéticos. Ela declarou que acredita "estar sendo punida por Deus" por sua obsessão com a boa forma e "vaidade estúpida".

A miss bumbum fez uma série de declarações bombásticas. Por exemplo: disse ter morrido e "encontrado seu criador" após a infeção que fez seus órgãos pararem de funcionar. "Sei que deixei o meu corpo e morri. Cheguei a um lugar vazio, como um deserto, completamente silencioso. Foi onde soube que Deus existe. Senti sua presença. Soube que estava em um julgamento."

E continuou: "Revi a minha vida como um filme. Me senti envergonhada e sabia que não era digna de entrar no paraíso. Pedi perdão e implorei por outra chance, prometi  fazer reparos. Nunca esquecerei. Ficar cara a cara com a morte me fez entender que nada mais importava. Tudo pelo que lutei: minha beleza, minhas bolsas, minhas roupas, meu carro - deixei tudo para trás. Foi o momento que percebi que não era nada, que estamos neste mundo apenas para salvar nossas almas."

Andressa disse que faria de tudo para poder voltar no tempo "para fazer as coisas diferentes". "Ninguém sabe pelo qu estou passando. Estou em uma agonia constante. Continuo no meio de um pesadelo terrível. Tudo isso pelo que estou passando é uma punição por minha vaidade estúpida". Andressa revelou ainda que pensava em remover costelas para ter uma cintura menor e até um dedo do pé para que ele ficasse mais fino.

E jurou que vai passar o resto dos seus dias alertando outras mulheres dos riscos de cirurgias drásticas. "Tenho vergonha dos buracos em minhas pernas, das cicatrizes que vou carregar para o resto da vida. Mas elas são, ao mesmo tempo, um troféu de que passei por isso tudo viva. Agora, graças a Deus, sou capaz de falar para outras mulheres que vaidade não é tudo. Se tudo isso serve de exemplo para avisar as pessoas dos perigos destas coisas (procedimentos estéticos de risco), para salvar outras mulheres de uma morte prematura, então esta foi a razão de eu ter passado por isso."

Assista a mais um "Desafio": Há limites na busca do corpo perfeito e da beleza?

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.