Após estresse momentâneo no programa, apresentadora descobre que nota sobre sua demissão do humorística foi divulgada por profissional que cuida de Mari Baianinha


O estresse entre Nicole Bahls e Mari Baiainha pode acabar em processo. De acordo com o assessor de Nicole, a apresentadora nunca deixou o “Pânico na Band”. “Na verdade, acabamos de ficar sabendo que quem enviou essa nota para a imprensa foi o assessor da Mari. Ele mandou falando que ela não estava mais, que tinha checado com o diretor do programa. Então, quem demitiu a Nicole foi a assessoria de imprensa da Baianinha. Nossa assessoria jurídica já está tomando as providências cabíveis”, comentou o assessor de Nicole, que disse ainda não saber se um processo será aberto contra o profissional que cuida da panicat.

Curta a fanpage do iG Gente no Facebook e receba as últimas notícias nos famosos

O assessor de Nicole confirmou também que houve, sim, um atrito entre elas. “Durante o programa mesmo, ao vivo (houve o atrito). Mas ela não vai sair, não. Domingo ela entra ao vivo. Até porque ela tem contrato por mais um ano com o programa”, afirmou.

Já sobre o desabafo de Nicole nas redes sociais afirmando que havia “encerrado um ciclo”, o assessor declarou que “foi uma coisa de momento”.

Em conversa com o iG, Danilo Carvalho , assessor de Mari Baianinha, se defendeu e afirmou que ele não foi o responsável pela divulgação de tal informação. “A agência que fez a divulgação não nos representa. Esse pessoal que plantou essa informação é de um portal sem expressão que tentou usar o nome da Mari e da Nicole para trazer visibilidade para eles. São irresponsáveis”.

Nicole e Baianinha teriam se desentendido após o apresentador Emílio Surita afirmar que Mari seria sua substituta na atração enquanto ele trocava de figurino, indo contra todos os pedidos da audiência, que queriam ver Nicole no posto.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.