Especial de fim de ano da Globo conta com diversas atrações musicais de diferentes ritmos, estilos e tons de voz

O "Show da Virada", especial da Globo que vai ao ar durante a virada do ano novo, foi uma verdadeira "maratona de Nova York" este ano, como o diretor Luiz Gleiser bem colocou. Foram gravados 62 espetáculos musicais, 20 grupos de coreografias, divididos em dois dias. "Esse ano está mais bonito", garante.

O segundo dia de shows contou com nomes de peso como Zezé Di Camargo e Luciano , Anitta , Valesca , Claudia LeitteIvete Sangalo . E não tem quem agite mais o público do que a baiana. Após fechar a noite de shows, Ivete levou o Citibank Hall abaixo com os gritos dos fãs, o que a emocionou. 

Playback polêmico

Sobre o playback, Gleiser diz que evita ao máximo usar, "mas não tem jeito, não tem banda que consiga realizar (as músicas de cada artista). Teria que ser uma banda base o tempo todo, você perde a característica de cada um", explicou ele, considerando que arranjos preparados por uma banda que não a do artista modificariam as canções.

Para quem acompanhou a gravação foi ótimo porque os erros no playback fazem alguns cantores se apresentarem duas vezes.

Vieram para ficar

Aqueles que se apresentaram pela primeira vez no evento comemoraram por terem chegado ali. Mas Israel Novaes diz que a segunda vez representa muito. "É um pé no chão. Significa que talvez você veio para ficar." Anitta diz que no seu primeiro ano de sucesso a pergunta sempre ficava: "Será que ano que vem eu vou estar aqui no mesmo lugar?". 

Curta a fanpage do iG gente no facebook e receba as notícias dos famosos.

Mas alguns já se apresentam há tempos no programa. Para Luan Santana , foi o sexto ano. “Sou outra pessoa, a minha essência tento manter. Hoje estou muito mais seguro do que faço”, disse ele.

"É uma tradição, se não participar, o ano fica estranho", comenta  Samuel Rosa , vocalista do Skank.

    Leia tudo sobre: Luan Santana Anitta
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.