Capa da Revista Sexy, a DJ revelou que já foi quase expulsa de um hotel por sua performance na hora do sexo

Clara Aguilar é capa da edição comemorativa de 22 anos da Revista Sexy. E ex-BBB posou para as lentes do fotógrafo Terry Richardson , em Nova York, e, na entrevista, fez algumas revelações sobre sua performance na hora do sexo. “Na cama sou meio escandalosa. Minha vizinha é minha amiga e já me falou: ‘Clara, o que você faz (risos)?’. Já rolou de eu estar em um hotel e, no dia seguinte, a recepção para o cara que estava comigo e falar: ‘Vocês terão que se retirar do hotel se ela não ficar quieta nas madrugadas’, contou a DJ.

Curta a fanpage do iG Gente no Facebook e receba as últimas notícias nos famosos

Clara contou também que ganhava muito mais dinheiro fazendo os vídeos eróticos para a internet do que atuando em filme pornô. “Já me chamaram. Hoje em dia, ganha-se muito pouco. O que eu fazia na câmera me dava muito mais dinheiro, sem contrato nenhum com ninguém”, contou ela, que começou o trabalho como camgirl aos 18 anos.

Clara ainda falou sobre algumas de suas loucuras sexuais já realizadas. “Fiz no banheiro do cassino, com o povo batendo na porta. E uma vez indo de Los Angeles para Las Vegas, paramos o carro na estrada e foi no capo”, se divertiu a ex-BBB, que também revelou que sofre muito mais assédio das mulheres do que homens quando vai discotecar em alguma casa noturna. “As meninas passam dos limites. A última vez que toquei, fui dar ‘oi’ para uma menina e ela mordeu o meu pescoço”, relembrou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.