A atriz fala sobre o trabalho no filme "A Floresta que se Move" em depoimento exibido pelo Fantástico


Aos 39 anos, afastada da TV desde 2010, Ana Paula Arósio voltou a trabalhar como atriz este ano no cinema. Ela é a protagonista de "A Floresta que se Move".  E a edição desse domingo (12) do "Fantástico", mostrou os bastidores das filmagens, cenas inéditas e um depoimento da atriz sobre o longa-metragem.

Macbeth

Ana Paula Arósio em cena do filme 'A Floresta que se Move'
Reprodução
Ana Paula Arósio em cena do filme 'A Floresta que se Move'

Ana Paula interpreta Clara, uma mulher poderosa, casada com Elias ( Gabriel Braga Nunes ) o executivo de um banco. Após ter o contato com uma vidente sua vida muda. Ela prevê que ele vai se tornar cada vez mais poderoso. E sua mulher, ambiciosa, começa a fazer planos para que ele realmente consiga atingir os objetivos.

O roteiro é inspirado em Macbeth, de William Shakespeare , e a personagem de Ana Paula Arósio na protagonista da peça: Lady Macbeth. "É um personagem irrecusável. Ter a possibilidade de poder fazer ele é muito bom. O que me encantou foi que eu achei o roteiro muito bem amarrado. É uma adaptação crível dessa história (de Shakespeare).

Mas a atriz disse que não foi fácil interpretar uma personagem tão densa. "Não teve uma cena fácil. Tipo, ninguém nesse filme toma um café, uma água, 'Vamos ao cinema... Nada'. É tudo pedreira." 

Personagem irrecusável

O convite partiu do diretor, Vinícius Coimbra , que ao entrar em contato com ela soube que a atriz queria mesmo ficar afastada, dar mais tempo à vida pessoal. Só que Ana Paula não resistiu. "Ela achou que era uma personagem que valia a pena fazer, que mexeu com ela. E aí ela topou essa.

Ele não poupou elogios à atriz. "A Ana é uma grande atriz. As pessoas sentem falta dela, querem vê-la atuando novamente."

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.