Vídeo de sexo que provocou polêmica pela semelhança da mulher com Viviane Araújo foi gravado em São Paulo

Viviane Araújo não precisa fazer mais nada para provar não ser ela quem aparece em um vídeo de sexo publicado na internet na semana passada. Um empresário admitiu ao jornal "Extra" que o casal que aparece fazendo sexo em via pública é ele e sua amante.

Jornal 'Extra' publica entrevista e fotos com o casal que admite estar em vídeo de sexo
Reprodução/Jornal Extra
Jornal 'Extra' publica entrevista e fotos com o casal que admite estar em vídeo de sexo

Sem se identificar, o empresário afirmou ao jornal que as imagens foram gravadas em São Paulo no bairro do Morumbi. Segundo ele, era aniversário de sua amante e os dois procuravam um hotel depois da festa para passar a noite, mas ela estava sem documentos e então os dois decidiram parar o carro em uma rua deserta.

"Foi algo rápido, coisa de três minutos. Nunca fizemos sexo na rua, foi a primeira vez. Aquela era para ser uma noite muito especial. E, até acontecer essa repercussão, foi. Depois, fomos para a casa dela, ali perto, e ficamos por lá", afirmou ele, que disse não saber que estava sendo filmado.

Assim que caiu na internet, o vídeo já apontava Viviane Araújo como a mulher que aparece nas imagens. A atriz e rainha de bateria negou imediatamente e prestou queixa contra o autor do vídeo, ainda desconhecido.

A amante do empresário também concedeu entrevista ao jornal "Extra" e se disse assustada com a situação. "Nunca me imaginei parecida com a Viviane, ninguém nunca falou, e eu nem me acho. Sinto-me lisonjeada de ser comparada a ela, mas desde que isso aconteceu, estou em choque. Muita gente me reconheceu. Até o momento minha família não se manifestou. Eles não moram em São Paulo. Deixei de frequentar meu curso, de trabalhar, de sair de casa. Não tenho mais cara de sair na rua. Chorei muito e também fico triste pela Viviane, por ela ter passado por isso..."

O empresário, que é casado e tem dois filhos, mantém um relacionamento com a amante há nove anos e defende as cenas que protagonizou com ela. "As pessoas acabam nos caluniando, ficam nos julgando como pessoas fora do normal, quando, na verdade, quem é que não teve uma cena mais picante na rua ou em qualquer outro lugar? Foi um ato de amor, mas me arrependo e não faria mais. Nunca foi a minha vontade ser uma pessoa exposta. Do mesmo jeito que prejudica a Viviane, me prejudica também."

O casal contratou um advogado para se defender da acusação de atentado ao pudor e pretende processar o autor das imagens.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.