Apresentadora do “Festival Sertanejo” fala sobre o fato de ser a única mulher na atração e diz o que faz para relaxar após as mais de doze horas de gravação


Helen Ganzarolli reflete no “Festival Sertanejo” o que acontece no mercado da música desse ritmo: É minoria, mas não deixa de chamar a atenção. Em especial, do público que participa das gravações do programa. “Me sinto lisonjeada por ser a única mulher no meio desses talentos todos, que são Hugo e Tiago , que tenho o prazer de trabalhar pelo segundo ano, e, agora estar ao lado dos ícones do mundo sertanejo, que eu sempre fui fã”, afirmou Helen, se referindo a Chitãozinho e Xororó , apresentadores do programa do SBT.

Helen conversou com o iG entre uma entrada e outra na gravação da atração em estúdio e confessou estar muito feliz de ser a única mulher no grupo. Até pela proteção que recebe. “Quero que eles me protejam cada vez mais aqui. Já está formando aquele círculo, aquela família, de produção e apresentadores. E, eu sendo a única mulher, me sinto privilegiada e única nesse palco como a poderosa”, se diverte ela.

Curta a fanpage do iG Gente no Facebook e receba as últimas notícias nos famosos

Questionada se recebe muitas cantadas, já que é a Xerife do rancho ande ficam os participantes, ela minimiza afirmando que é pura admiração de fãs. “Claro que os meninos que estão participando são meus fãs, me admiram. Querer tirar foto, falam que sou muito bonita. Mas as pessoas se respeitam muito. Acho até saudável as pessoas me xavecarem, admirarem, por eu trabalhar na televisão. Eu gosto. Qual mulher que não se sente poderosa sendo admirada pelos meninos? E, até pelas meninas? Hoje vi que a galera realmente admira, grita ‘linda’, quer chegar perto, tocar no cabelo, acho isso bacana”, contou.

Soltando a voz

Única do elenco do “Festival” a não cantar, Helen afirmou não temer caso, um dia, a chamem para fazer o momento “Galopeira”, quando há uma divertida disputa para ver quem aguenta por mais tempo entoar o refrão do hit de Chitãozinho e Xororó. “Acho que não vou sair nem dos dez segundo, mas quem sabe num programa desses eu possa tentar, por brincadeira. Não tenho vergonha não”, afirmou a apresentadora.

Ainda assim, a tentativa não passaria de uma brincadeira para a apresentadora. “Fiz teatro. Então, lá, você tem que aprender afinação, aula com fono. Já recebi convite, mas não é minha praia. Prefiro apresentar e atuar”.

Horas de gravação

Para a gravação do “Festival Sertanejo”, Helen Ganzarolli chega aos estúdios às 8h da manhã. Mas, apesar do ritmo puxado, diz preferir essa correria. “Sou superagitada, sou uma pessoa que durmo pouco. É o mundo que eu gosto. Se fosse preciso gravar até as três da manhã, é o que eu gosto de fazer. Gosto de agitação, de que meu dia seja corrido. E quando não tem, eu sinto falta”, contou Helen que, quando chega em casa, muda totalmente o ritmo para se desligar. “Gosto de chegar em casa e ficar no meu silêncio, pegar um livro para ler, ver um bom filme ou até mesmo conversar com minha família. Mas tento relaxar no quarto, ficar calma, sem ficar na euforia”.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.