Fabíola Monarca, que chegou a fazer campanha para arrecadar dinheiro para o marido deixar a prisão, revela: "Ele nunca pagou uma conta. O único dinheiro que entrou foi da época da 'Fazenda'. Ele pode ser preso de novo a qualquer momento"


Fabíola Monarca e Marcos Oliver não moram mais juntos. Há dois dias, o ex-peão de "A Fazenda" saiu da casa em que vivia com a mulher em São Paulo e foi morar com o irmão, em Osasco. "Faz tempo que estou de saco cheio. Existia amor só de um lado, só uma pessoa lutando enquanto a outra não se esforçava", explicou Faby ao iG , nesta terça-feira (23). "Estou triste por causa do nosso filho, porque todo pai é herói para o filho. Mas foi uma relação de sete anos de brigas, agressões fisicas e verbais. Até boletim de ocorrência eu registrei. Minha coluna está prejudicada por causa das agressões. Não sei como aguentei, mas agora chega, já dei queixa por abandono de lar". Segundo ela, o fim do casamento é o começo de uma nova vida. "Agora vou cuidar de mim, do meu filho, da minha filha e, quem sabe um dia, alguém se aproxime para cuidar da gente do jeito que a gente merece".

Faby, como é chamada pelos amigos, protagonizou uma campanha para ajudar o marido a sair da prisão: Oliver foi preso em abril deste ano por não arcar com a pensão alimentícia da filha e não tinha dinheiro para pagar a fiança. "Eu fiquei do lado dele porque estava com ele, mas na verdade ele nunca pagou pensão porque não trabalhava. Ele falava: 'sou desempregado'. Mas ele era vagabundo porque desempregado faz qualquer coisa para sustentar os filhos. Nunca dependi dele para nada, ele nunca pagou uma conta. O único dinheiro que entrou foi da época da 'Fazenda'. Ele pode ser preso de novo a qualquer momento".

Fabíola é mãe de Daniel, com Oliver, e Letícia, do casamento anterior. Oliver ainda é pai de uma menina de 12 anos.

Procurado pelo iG , Marcos Oliver não foi encontrado para comentar o assunto.

         Curta a fanpage do iG Gente no Facebook e receba notícias dos famosos

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.