Casada há 7 anos com Jayme Monjardim, da Globo, Tania Mara diz em entrevista exclusiva que, embora achem ser mais fácil, a condição de mulher de diretor torna as coisas mais difíceis


Tania Mara para revista RC Vips
Pupin&Deleu
Tania Mara para revista RC Vips

Em turnê pelo Brasil divulgando as canções de seu disco mais recente, "Só Vejo Você" – a música, de mesmo nome, fez o maior sucesso por embalar as cenas de amor entre Clara ( Giovanna Antonelli ) e Marina ( Tainá Müller ) na novela "Em Família" - , Tania Mara conversou com o iG por telefone. Falou sobre a fase atual de sua vida, o começo da carreira, a relação com Jayme Monjardim e o preconceito - para o qual ela não dá a mínima - por ser casada com o diretor.

O bate-papo começa sobre a fase atual da cantora. O tom de voz sereno e agradável já deixa clara a afirmação que vem a seguir. "Me sinto realizada. Faço o que amo, atingi a maturidade no trabalho. Tenho mais a agradecer do que a pedir."

"Fantasia"

Aos 16 anos, Tania apareceu pela primeira vez na TV no programa "Fantasia", atração do SBT. E sente vergonha? "De jeito nenhum! Nunca, imagina, tenho o maior orgulho. Aprendi muito em todo o tempo que estive por lá. Ter Silvio Santos como mentor, quer coisa melhor? Curti muito. Foi uma época maravilhosa."

Cantora

Mas a história de Tania sempre teve uma relação muito forte com a música. Tanto que ela diz não entender até hoje porque insistem em dizer que ela é cantora e atriz, algo que, segundo ela, não faz o menor sentido. "Deve ser porque eu sou casada com o Jayme. Não tenho a menor intenção, nem dom. Não nasci para isso."

Ela canta desde os nove anos e foi graças aos pais que conseguiu se tornar profissional. "Foi uma batalha. Passei pelas dificuldades que todos passam. Meus pais venderam tudo em Brasília para investir em mim. Foi uma aventura. Viemos para São Paulo com o dinheiro que conseguimos e as coisas foram dando certo porque fomos muito persistentes. Acredito que você tem que persistir. Tudo é com batalha. Com luta."

Mulher de diretor

Casada há sete anos com o diretor Jayme Monjardim, da TV Globo, Tania Mara conta que conheceu o marido durante uma edição da Festa do Peão de Barretos em que o diretor gravava a novela "América", de Glória Perez . Ela viajou até o interior de São Paulo para gravar um projeto de programa que acabou não vingando. Mas naquele ano, a festa era de exclusividade da Globo e estavam proibidas coberturas jornalísticas por parte de outros veículos de imprensa.

Para não perder a viagem de mais de seis horas que fez com o amigo cinegrafista a bordo de uma Kombi das antigas, conseguiu ficar em um camarote para assistir aos shows da noite. E foi lá que se encontraram pela primeira vez. "Ele estava no mesmo camarote que eu e, num momento, quando saiu (do lugar que estava) para falar ao telefone, roubei o lugar dele", lembra, dando risada.

"Quando ele voltou, começou a puxar assunto, mas naquela época eu não tinha ideia de que se tratava do Jayme Monjarim. Nem sabia quem era. E em nenhum momento me cantou. Até porque ele é muito tímido. Trocamos contatos e surgiu uma amizade. Durante um mês fiquei fugindo. Tinha medo de que me envolver com ele poderia atrapalhar minha carreira. Mas com educação e respeito ele foi me conquistando. Mais ou menos depois de um mês aceitei um convite para ir à fazenda dele com toda a minha família e rolou nosso primeiro beijo."

Hoje ela diz acreditar não haver um homem que encaixaria tão perfeitamente em seu estilo de vida. "Jamais abriria mão do meu trabalho por um relacionamento e o Jayme entende isso. Assim como entendo o trabalho dele. Temos uma admiração mútua.”

Preconceito

Tania Mara
Reprodução/Site oficial
Tania Mara

E o preconceito por ser mulher de um dos principais diretores da TV Globo? "Cada pessoa vai olhar (para o nosso relacionamento) como quiser. Minha relação com o Jayme é de marido e mulher. Não acho justo ser castigada por ser mulher dele. Sou cantora desde cedo. Às vezes as pessoas acham que a vida é mais fácil (para mim) e acaba sendo mais difícil. Mas não me importo, acho uma bobagem. Tenho muito orgulho do meu trabalho." Para ela, "o mundo ainda luta contra vários preconceitos, infelizmente. É uma luta que eu espero ver acabar em breve."

Maysa

O casamento, inclusive, trouxe uma influência que mudou a sua vida: Maysa , a grande cantora, mãe de seu marido. Tania conta que não a conhecia até se casar com Jayme, mas que a partir do momento em que foi mergulhando no universo da artista passou a ser influenciada.

"Maysa nunca se preocupou com nada e sempre foi muito sincera. Fazia o que queria. Falava o que pensava. Me ensinou a não dar valor para o que não é construtivo. Foi uma motivação a mais para seguir a minha carreira." E sob a benção de Maysa sua carreira segue, um longo e duradouro caminho.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.