No palco do "Programa Eliana", ex-dançarina do É O Tchan revelou briga depois de se envoler com o líder do grupo de axé


Sheila Mello e Scheila Carvalho foram ao 'Programa Eliana', do SBT, neste domingo (14). Entre outros assuntos, as duas falaram sobre Compadre Washington . "Ele sempre me ajudava, admiro essa pessoa e já está no meu ciclo de amizade", comentou Sheila Mello. 

Já Scheila Carvalho teve mais histórias para contar. "Ele xingava, chamava atenção quando tinha que chamar, era um pai. Coisas aconteceram e ele simplesmente... é chato tudo isso, mas tenho que ter meu lado de defesa. Ele tem vários filhos e eles expôs na mídia que eu maltratei os filhos dele. Nunca aconteceu, me afastei pelo simples motivo de ele não querer que os filhos estivessem perto de mim", explicou. "Você está falando do tempo em que vocês estiveram juntos?", perguntou Eliana. "Isso, dessa época", respondeu Scheila, sobre o relacionamento com o líder do É O Tchan.

"Único que me odeia"

"Tenho uma legião de fãs, pessoas que me admiram. Ele é o único que grita que me odeia. Ele tem que repensar as atitudes dele. Eu sempre respeitei os filhos dele, só me afastei por esse motivo, ele ser muito rigoroso e agredir com palavras os filhos que se aproximaram de mim. Não guardo mágoa nenhuma, fiquei até assustada quando ele disse que me odiava. Eu aceitaria se ele quisesse ser meu amigo.

Traição

A morena também falou brevemente sobre ter perdoado a traição do marido, Tony Salles , descoberta há um ano, quando ela estava confinada no reality show "A Fazenda". "Se eu perdoei é porque ele merece ser perdoado".

      Curta a fanpage do iG Gente no Facebook e receba notícias dos famosos

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.