Após 14 anos no ar, a série exibe seu último episódio nesta quinta-feira (11)


Marieta Severo participou da coletiva de imprensa de seu espetáculo “Incêndios”, ao lado de seu namorado e diretor, Aderbal Freire-Filho , e todo o elenco, na tarde dessa quinta-feira (11), no Itaú Cultural, em São Paulo. Terceira peça consecutiva ao lado de Aderbal, a atriz falou sobre a relação pessoal e profissional com o amado. “Eu acho a favor trabalhar com ele, é gostoso trabalhar com alguém que te conhece”, disse ela, ansiosa pela estreia em São Paulo nesta sexta-feira (12).

Dona Nenê (Marieta Severo)
Divulgação/TV Globo
Dona Nenê (Marieta Severo)

Curta a fanpage do iG Gente no Facebook e receba as últimas notícias nos famosos

Apesar do bom momento no teatro, Marieta confessou que está em luto com o fim da personagem Nenê, e da série, “A Grande Família”, que tem seu último episódio exibido na noite dessa quinta, na Globo, após 14 anos no ar. “É muito avassalador você fazer um personagem durante 14 anos, ver a maneira como ele entra e se apossa em você. Foi uma experiência muito boa e única, mas que eu não terei mais. O convívio com os meus colegas, com aquela família que virou, está sendo muito difícil me despedir disso”, lamentou.

A atriz relembra que o acordo para o final da série já estava fechado há três anos, mas que só nesse ano a ficha caiu de verdade. “A gente sabia que esse final estava chegando e, nesse ano, acredito que foi muito especial por tudo, mas quando gravei o último programa de Dia das Mães, eu pensei: ‘está acabando mesmo’”.

Ainda com público e audiência para ficar no ar por mais tempo, Marieta contou que o fim do programa foi um acordo entre a direção da Globo e os atores. “A gente sempre conversou, desde o início em que vimos que o programa tinha pegado, a gente falava muito sobre não sair do ar com o programa sendo rejeitado pelo público e conseguimos sair com uma grande aceitação e qualidade. Se a gente quisesse continuar, teríamos continuado, mas houve um acordo e acho que terminamos como a gente sempre sonhou”, disse. “O programa vai terminar de uma forma muito bonita em que outros atores vão interpretar nossos personagens. Os personagens existem independente dos atores, a Dona Nenê poderá ser feita por outros atores, eles sempre vão existir e os nossos vão ficar na memória do público”.

E após uma década e meia no ar, a atriz vai se dedicar exclusivamente para o teatro durante um tempo. “Eu tive essa sorte de ter “Incêndios”, que é um grande sucesso teatral agora, então quero usufruir disso com muita tranquilidade. Eu não estou aceitando outras coisas, vou me dedicar só a peça agora, o que ajuda a não ficar um buraco tão grande de ‘A Grande Família’, na minha vida”.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.