Segundo a polícia, Yuri Fernandes foi preso dentro do hotel em que estava hospedado com a namorada em Maceió, Alagoas

O ex-BBB Yuri Fernandes foi preso na manhã desta sexta-feira (5) dentro do quarto de um hotel no bairro de Cruz das Almas, em Maceió. Yuri é acusado de agredir a namorada Ângela Souza , bailarina do Faustão .

Ex-BBB Yuri será autuado na Lei Maria da Penha: "Ela está muito lesionada"

A polícia militar foi chamada, no final da madrugada, ao hotel onde o casal estava hospedado. Yuri foi detido pouco depois das 6h e levado algemado à Delegacia da Mulher, no centro da capital alagoana. Ângela também foi encaminhada à delegacia e o casal presta depoimento.

Claudia Fernandes , assessora de imprensa de Yuri, afirma que houve uma briga, mas nega que o ex-BBB tenha agredido a namorada. "Ela está alegando que ele bateu nela, ele não bateu. Eles brigaram no hotel, o hotel chamou a polícia. Ele é lutador, tem grande porte, não faria isso até pelos princípios dele. Se ele tivesse batido nela, ela não estaria na delegacia, estaria no hospital. Tudo vai ser esclarecido após os depoimentos."

O iG entrou em contato com o hotel e foi informado de que, "a gerência está tentando resolver o assunto e, no momento, não há ninguém para comentar." 

Yuri e Ângela estão em férias em Maceió. Na quarta-feira, ambos postaram fotos em seus perfis no Instagram anunciando a viagem. Seguidores de Yuri não poupam o ex-BBB e já fazem uma avalanche de críticas a ele por conta da prisão.

Yuri participou do "Big Brother Brasil 12", onde viveu um romance com Laísa. Ele voltou na edição seguinte, quando teve um envolvimento com Natália Casassola.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.