Tamanho do texto

Segundo a polícia, Yuri Fernandes foi preso dentro do hotel em que estava hospedado com a namorada em Maceió, Alagoas

O ex-BBB Yuri Fernandes foi preso na manhã desta sexta-feira (5) dentro do quarto de um hotel no bairro de Cruz das Almas, em Maceió. Yuri é acusado de agredir a namorada Ângela Souza , bailarina do Faustão .

Ex-BBB Yuri será autuado na Lei Maria da Penha: "Ela está muito lesionada"

A polícia militar foi chamada, no final da madrugada, ao hotel onde o casal estava hospedado. Yuri foi detido pouco depois das 6h e levado algemado à Delegacia da Mulher, no centro da capital alagoana. Ângela também foi encaminhada à delegacia e o casal presta depoimento.

Claudia Fernandes , assessora de imprensa de Yuri, afirma que houve uma briga, mas nega que o ex-BBB tenha agredido a namorada. "Ela está alegando que ele bateu nela, ele não bateu. Eles brigaram no hotel, o hotel chamou a polícia. Ele é lutador, tem grande porte, não faria isso até pelos princípios dele. Se ele tivesse batido nela, ela não estaria na delegacia, estaria no hospital. Tudo vai ser esclarecido após os depoimentos."

O iG entrou em contato com o hotel e foi informado de que, "a gerência está tentando resolver o assunto e, no momento, não há ninguém para comentar." 

Yuri e Ângela estão em férias em Maceió. Na quarta-feira, ambos postaram fotos em seus perfis no Instagram anunciando a viagem. Seguidores de Yuri não poupam o ex-BBB e já fazem uma avalanche de críticas a ele por conta da prisão.

Yuri participou do "Big Brother Brasil 12", onde viveu um romance com Laísa. Ele voltou na edição seguinte, quando teve um envolvimento com Natália Casassola.