O ator está se preparando para viver um serial killer na nova série de Glória Perez


Bruno Gagliasso e Giovanna Ewbank estavam bastante descontraídos durante o primeiro dia de desfile do Mega Polo Moda, na tarde dessa segunda-feira (28), em São Paulo. Os dois desfilaram juntos e arrancaram gritos da plateia. "Eu não gosto de desfilar, não é muito a minha, com ela fica melhor", disse ele.

Recentemente, Bruno dirigiu a mulher em uma campanha de lingerie. "Nós adoramos, tanto que vamos fazer outra agora. Melhor impossível dirigir ela. Eu adoro trabalhar com a minha mulher, toda vez que a gente trabalha, a gente se diverte".

Curta a fanpage do iG Gente no Facebook e receba as últimas notícias nos famosos

Giovanna, por sua vez, disse se sentir muito mais à vontade ao lado do marido. "Não tem pessoa que me conheça melhor o que ele, foi maravilhoso. Tinha momentos em que eu achava que estava até sensual demais, muito sexy, mas ele falava para eu confiar. A gente troca muito e se diverte".

E a parceria dos dois existe até nas horas mais "difíceis". Bruno está se preparando para viver um serial killer na nova minissérie de Glória Perez , "Dupla Identidade", e tem usado Giovanna para treinar as maldades que vai fazer em cena. "Ele já até amarrou meus braços, ele tem uma corda em casa e fica amarrando as pessoas", Giovanna contou rindo. "Não acredito que você contou isso, amor", exclamou Bruno, também dando risada e nitidamente tímido.

Bruno Gagliasso e Giovanna Ewbank desfilam no Mega polo Moda
Leo Franco e Thiago Duran/AgNews
Bruno Gagliasso e Giovanna Ewbank desfilam no Mega polo Moda

E se Giovanna ajuda Bruno com a série, nada mais justo do que ele ajudá-la na nova temporada da "Dança dos Famosos", do "Domingão do Faustão". "Eu estou dando aula, estou ensinando os passos, tango, axé, tem axé?", disse Bruno, rindo. "Quero que ela vença e ganhe, e ela vai vencer".

Vida Pessoal

Com a agenda cheia, Giovanna contou que filhos estão fora dos planos por enquanto. "Estávamos começando a pensar, mas nossos amigos começaram a ter filhos e vimos o quanto é difícil. Já temos cinco cachorros e a gente curte os filhos dos nosso amigos, nossos sobrinhos".

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.