Filha de Silvio Santos mostra um pouco de seu trabalho no "Máquina da Fama", mas evita falar de vida pessoal, seguindo os passos do pai, Silvio Santos


O ensaio dos concorrentes a melhor cover de diversos artistas começa às 8h da manhã. Já, as gravações, se iniciam às 14h, com Patrícia Abravanel em estúdio. Até às 20h, a produção muda nove vezes de cenário para receber o mesmo número de competidores inscritos no “Máquina da Fama” a cada diária de estúdio. Entre uma troca e outra, Patrícia se reúne com a plateia e faz uma espécie de show de calouros entre eles, distribuindo produtos Jequiti para os que topam soltar a voz ou dançar. Mas antes, faz com que o voluntário corajoso responda um quiz de conhecimentos gerais.

Sentada em um banquinho, Patrícia mostra que o dom de interação com o público é de família. A filha de Silvio Santos mostra sua melhor faceta ali, ao vivo, com a câmera desligada. “Não sei se é um sonho (apresentar programa de auditório), mas a gente fica aqui esperando tanto, que acaba sendo um momento gostoso, mais leve. A gente brinca, conversa, conheço um pouco deles. Tem uma troca muito bacana”, conta Patrícia, que prefere muito mais se unir à plateia do que ficar em seu camarim sozinha nos intervalos.

Curta a fanpage do iG Gente no Facebook e receba as últimas notícias nos famosos

Algumas vezes, é dali mesmo que vai surgir um futuro participante do programa. Se a pessoa mandar bem na brincadeira, pode receber um convite da produção para tentar a sorte e mostrar seu talento em rede nacional. Assim, a atração acaba dando a oportunidade para artistas, o que Patrícia considera uma raridade na realidade nacional.

“O que fico impressionada é quanto talento tem aqui. Só falta oportunidade e mercado. Tem gente que olho e que acho melhor que o original. Só que o original teve a oportunidade de brilhar e gravar”, afirma.

Ela mesma já tentou mostrar seu talento musical. Mas, no caso de Patrícia, foi na brincadeira. “A gente fica aqui olhando. E tem gente que fica supertímida na parte das entrevistas e sai da máquina uma outra pessoa. É muito empolgante. Aí falei, vou tentar um dia. Gostei muito, mas já deu. Foi só aquele momento”, se diverte.

Bebê

Patrícia, que está grávida de quase oito meses, se mostra confortável também em cima do salto, mesmo com o barrigão que guarda Pedro, seu primeiro filho, do relacionamento com o deputado Fábio Faria . “Já mudei, eu usava mais salto. Uso para apresentar. Mas não tem me incomodado. Ando diferente, a gente fica com uma noção de espaço diferente. O pé incha, mas ainda não é aquele coisa”.

Durante o chá de bebê do filho, Patrícia foi surpreendida com o pedido de casamento do então namorado e aceitou . Mas questionada se a encomenda de um bebê após cinco meses de relacionamento não foi precipitada, pede para seguir com as perguntas no nível profissional. Ainda assim, elogia muito a parceria do filho, que não deu trabalho nenhum durante toda a gestação, fazendo com que Patrícia pudesse manter todos os hábitos. “Ele foi muito parceiro, companheiro”, elogiou Patrícia.

A recusa por abordar sua vida pessoal pode também ser uma herança do pai, que já afirmou certa vez que não dá entrevistas, pois quem dá entrevistas fala demais. “A gente tem uma postura mais discreta. A família como um todo. Nós crescemos assim. A gente já se expõe demais, tem um pai muito exposto, já é uma vida exposta. Na hora de compartilhar a intimidade, a gente prefere guardar um pouquinho”, explicou ela, que deixou escapar uma pitadinha do lado pessoal ao elogiar o pai. “Ele é uma pessoa muito querida. Tive a sorte de nascer nessa família. Uma família que é de verdade. Que se ama, se curte, se respeita, que tem vínculos fortes”.

Ainda sobre o pai, ela conta que as brincadeiras durante as gravações do "Programa Silvio Santos" estão totalmente fora de qualquer roteiro. "Não é nada programado. É tudo no improviso. A gente vai lá e brinca. Tem dia que dá certo, tem dia que não dá".

“Máquina da Fama”

Entre covers de Michael Jackson, Cazuza, Wanderlea e Jason Mraz, Patrícia vai se despedindo da apresentação do “Máquina da Fama”, que fará uma pausa durante sua licença maternidade e dará lugar ao “Esse Artista Sou Eu”, que será comandado por Márcio Ballas.

Patrícia também vai se despedir, ao menos por esse período, de algumas rotinas que fazem parte de seu dia a dia em estúdio. Por exemplo, sempre pede para Deus dar uma forcinha antes de entrar para gravação. Em especial, naqueles dias que está mais cansada ou irritada. Ela também não abandona um café antes da filmagem. E, pelo menos durante o tempo de licença, poderá deixar para trás uma coisa que não a agrada muito nessa carreira de apresentadora. “A parte que menos gosto é a de me arrumar. Poderia ser de qualquer jeito, né? Uma hora e meia para me arrumar...”, admite a futura mamãe de Pedro.

Patrícia Abravanel
André Giorgi
Patrícia Abravanel



    Leia tudo sobre: Gravidez
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.