O ator está em cartaz com uma adaptação de Shakespeare em “Rei Lear”, no Teatro Eva Herz, em São Paulo

Juca de Oliveira no palco
Francisco Cepeda/AgNews-SP
Juca de Oliveira no palco


Juca de Oliveira mostrou vitalidade e disposição no monólogo “Rei Lear”, uma adaptação de William Shakespeare , que estreou na noite dessa quinta-feira (17), no teatro Eva Herz, em São Paulo. Aos 79 anos, o ator contou o segredo para interpretar oito personagem sozinho no palco. “Tem que ter corpo, preparação de corpo, preparação de voz e tem que trabalhar durante um ano sem parar um dia. Um ano trabalhando nisso já. Mas também devo muito a equipe, teatro é uma arte coletiva, todo mundo ajudo.

Para subir ao palco, Juca contou que vez a sua própria versão do texto, que já foi encenado por Raul Cortez. “Eu nunca tomo ninguém como referência porque quando isso acontece, você caminha por pedras marcadas e não cria, você assiste, vê os grandes atores fazendo os papeis, mas jamais inspirado e copiado”.

O ator também falou de “Avenida Brasil”, no qual viveu o vilão Santiago, e a repercussão fora do Brasil. ”Eu gostei muito de ter participado, a novela foi excepcional com o texto do João Emanuel Carneiro, que é um dos maiores, talvez o maior escritor da atualidade, foi um sucesso enorme e adorei esse sucesso fora também”.

Curta a fanpage do iG Gente no facebook e receba notícias dos famosos

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.